É sua primeira vez por aqui? Entenda o blog: No dia 13/08/2010 eu criei este blog apenas para programar a minha viagem para a Itália... Ele cresceu muito, fiz muitos amigos e virou uma fonte de informações para muitas pessoas. Para melhor compreensão, ele foi dividido em três partes: 1) as pesquisas sobre cada cidade, atrações turísticas, gastos,... e o marcador que eu adoro: Entrando no clima, onde experimentei receitas, filmes, livros,... 2) A montagem do meu roteiro passo a passo: todos os dias estão na guia ROTEIRO FINAL; 3) O relato completo da minha viagem - todos os dias - com informações, dicas, gastos totais... etc. Estão na guia MINHA VIAGEM. Entre... o blog é seu!!! Aqui você vai encontrar informações sobre as cidades que eu visitei: Milão, Lago di Como, Turim, Verona, Pádova, Vicenza, Veneza, Florença, Pisa, Lucca, San Gimignano, Siena, Arezzo, Cortona, Cinque Terre, Assis, Roma, Pompéia, Capri, Sorrento, Positano e Nápoles... Este projeto foi finalizado pois estou com outro agora: http://www.toindoparaafranca.blogspot.com/ - mas entrarei aqui uma vez por semana para responder comentários, perguntas, etc... BOA VIAGEM À ITÁLIA!!!

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Meu relato de viagem - dia 08 - Vicenza

Bom dia, meus amigos...

Tudo bem com vocês? Já sabem né? Rsrs... E é com você Lombardiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii....

"Bom dia, Márcio e vamos aos nossos avisos do blog TÔ INDO PARA A ITÁLIA:
- Agradecemos mais uma vez a votação no TOP BLOG - Ícone aí do lado - ficamos novamente entre os trinta blogs mais votados da semana!
- As pessoas estão curtindo, e muito, a página do blog no Face, Márcio..."


Sério???

" Isso mesmo, só na curtição Márcio... e vários recados e dicas...

PS: E no próximo post, iniciamos VENEZA... é com você, Márcio!!!

Muito bem, Lombardi, obrigado! E chega de palhaçada e vamos ao que interessa:

Marcelino, como está a Itália??? Magiorno - Dia 08 - Vicenza

Mais uma vez acordamos e aproveitamos aquele café maravilhoso servido pela Stela. Eu fiquei impressionado como ela consegue manter o clima de "casa"! Fui obrigado a dar os parabéns... O croissant é uma delícia!!!

Nos empolgamos com a conversa - e com o café - e saímos correndo para a Estação... Olhei o bilhete e vi o horário: 7h59... Só que o nr. do trem não aparecia no aviso... Achei estranho! Fui perguntar para um funcionário da estação... Tinha um trem que saia no mesmo horário, só que o nr. era diferente... Perguntei se havia trocado e o funcionário olhou para a tela do computador e disse "sim". Não tive muita certeza em sua resposta, mas estava atrasado e entramos no trem...

O trem partiu... Depois de 5 minutos, notei algo estranho e falei para o Eduardo: "Pegamos o trem errado..."; "Como você sabe?"; "Estamos indo em direção a Milão... Vicenza é para o outro lado...". Fui conferir o voucher e... DESASTRE! Lembram que eu falei de um contratempo que tivemos? Foi esse: saímos correndo para a estação e vi o horário do trem errado. O trem correto sairia uma hora depois... E o funcionário da estação ainda por cima me deu a informação errada!

Desespero! Imagina a situação: perder o dia e ainda voltar para Milão??? Nos acalmamos e procuramos o controlador. Provavelmente receberíamos uma multa daquelas... Graças ao meu anjo da guarda, o controlador era muito educado. Explicamos toda a situação e ele: "No problema..." Cheguei a rir...rsrsrs. Ele pegou o celular, consultou e escreveu algo no bilhete, dizendo para nós descermos em Brescia - uma cidadezinha -  e, com o mesmo bilhete assinado por ele, pegar o próximo trem em direção a Vicenza... Ainda deixou o nr. do celular, caso o controlador do outro trem criasse algum problema... Nossa!!! A oração foi forte mesmo... rsrsrs. Alívio total!

A anotação feita pelo controlador... Sorte grande!!!

Agora sim, direção certa: Vicenza!

O PULO DO (GATO) TURISTA: Se acontecer algo parecido com você, não se desespere! Procure o controlador! Mas, lembre-se: VÁ ATRÁS DELE e nunca espere ele chegar, senão ele poderá pensar que você está querendo dar algum golpe. Vi dois indianos tentando passar com um bilhete já usado e... minha Nossa Senhora... foram esculachados! O controlador gritava com eles sem parar... e foram escoltados até a estação!

Descemos em Brescia e em menos de quinze minutos estávamos no trem em direção a Vicenza... No roteiro original, chegaríamos 9h05 da manhã... Com este contratempo, chegamos 9h30... Estava com receio de não ter tempo suficiente para conhecer a cidade...





Eu adorei Vicenza... falando sério! Que cidade gostosa... e, para aumentar ainda mais este meu conceito, estava um sol maravilhoso, mas não estava calor... o vento ajudava a dissipar aquela sensação de sauna. Uma delícia! Paramos em um café na entrada do centro da cidade e já gostei mais ainda: Café - 1 euro; Croissant de nutella - 1 euro... Eu não sei vocês, mas eu adoro esses preços... rsrs

Caminhando despreocupadamente, chegamos na Piazza dei Signori...

A Torre de Bissara, juntamente com a Basilica Palladiana...
Antigamente, a Basilica era sede das magistraturas públicas de Vicenza. Atualmente, ele é dotada de três espaços expositores independentes, onde são realizadas mostras de arquitetura e arte...

A Torre Bissara, do século XII, com 82 metros de altura, cujo pináculo é de 1444.

O Palladio Loggia del Capitaniato, criado por Andrea Palladio - o nome constantemente associado a Vicenza - fica em frente a Basilica Palladiana. Atualmente, é sede do conselho comunal da cidade. Foi projetado em 1565 e construído entre 1571 e 1572.


Andrea Palladio - o nome máximo de Vicenza!
Já falamos sobre ele aqui no blog lembra? Veja no marcador sobre Vicenza.

Palladio... por todas as partes em Vicenza!


Entendeu porque eu chamei a cidade de gostosa?!?!?!
Aquela pizza láááá no fundo da foto estava uma delícia... Comprei um pedaço para o lanche da tarde por 2,50 euros...

Continuando o passeio, fomos em direção ao Teatro Olímpico... Entrada: 8,50 euros.

Ingresso - 8,50 euros



O Teatro Olímpico é um teatro projetado pelo arquiteto renascentista Andrea Palladio, em 1580 e localizado em Vicenza. É geralmente considerado o primeiro exemplo de um teatro permanente da era moderna coberto. O teatro ainda é o lar de espetáculos e concertos em 1994 e foi incluído na lista de Património Mundial pela UNESCO, como outras obras de Palladio em Vicenza.

O palco do Teatro Olímpico é deslumbrante... A perspectiva usada é fantástica! Aquela "rua" vai diminuindo perfeitamente. E para completar, havia um grupo que estava sentado na arquibancada do Teatro... De repente, do nada, todos começaram a cantar... Um coral! Nossa! Foi muito emocionante! Todos muito bem ensaiados... as músicas eram espetaculares... Foi um grande presente para nós!

Voltando ao centro da cidade, era a hora de procurar um restaurante... encontramos um no final de uma rua minúscula...

Quando vi o restaurante, principalmente por dentro, fiquei com medo dos preços... Mas, quando eu vi o cardápio, fiquei impressionado... muito barato!

Um dos pratos mais deliciosos da minha viagem, um frango grelhado com polenta maravilhoso, juntamente com um - meu novo vício - spritz! Tudo por exatos 10 euros de cada um... Uma pechincha!

Depois de um almoço delicioso, com aquele vento, aquele sol gostoso... o que dá vontade de fazer?!?


Não pensei duas vezes: chegamos na praça de Vicenza e tirei um bom cochilo... Ôh, coisa boa... Alguém pode querer mais?!?!

A praça de Vicenza...


A entrada para a praça...

A tarde, fizemos a parte mais "pesada": La Rotonda! Lembram da explicação aqui no blog, não é?

A Villa Capra, também conhecida como Villa Rotonda, Villa Capra detta La Rotonda, Villa Almerico-Capra ou Villa Capra-Valmarana, é uma das mais belas e famosas villas de Andrea Palladio (1508 - 1580) e provavelmente de todas as villas do Veneto, sendo um dos mais celebrados edifícios da História da Arquitetura da época moderna. É uma residência de campo aristocrática, perto de Vicenza, Itália, construída a partir de 1566. O nome "Capra" deriva do apelido dos dois irmãos que completaram o edifício, depois de lhes ter sido cedido em 1591.

Bem, fomos a um supermercado e fizermos algumas compras para um verdadeiro piquenique: pão, presunto de parma, queijo, castanhas... gastamos, 7,15 euros - 3,57 para cada um. Procuramos o ponto para pegar o ônibus em direção a Rotonda. 

O PULO DO (GATO) TURISTA: Para chegar na Villa Rotonda (que fica a 3 km da estação de trem), você deve pegar um ônibus... A empresa é AIM - MOBILITÁ. A linha do ônibus é a nr. 8. O preço do bilhete é 1,20 euros. Nos pontos de ônibus, há placas indicando quais linhas param nele.

Ingresso - 10 euros



Várias pessoas estavam desenhando a fachada da Rottonda...

Estão vendo este gramado??? Foi bem nele, embaixo de uma árvore, que fizemos nosso lanche... com uma vista maravilhosa... A Rotonda é este prédio que você está vendo nas fotos! Olhando assim, você pensa: "ok bonito... mas, só isso?". Não! A maior beleza é seu interior... Belíssimo! Foi tudo muito bem conservado, inclusive as pinturas na cúpula. Infelizmente, sem fotos no interior.

Continuando o passeio, em frente a rua que leva a Rotonda, há uma indicação para a Villa Valmarana ai Nani...


Villa Valmarana ai Nani é uma villa veneziana localizada na cidade de Vicenza, no sopé do Monte Berico. Propriedades da família nobre de Valmarana, ainda é habitada por parte da família, embora aberto ao público.

Entramos somente no Saguão da Villa Valmarana... pelo o que vimos, concluímos que não valia a pena pagar 8 euros para entrar...



Andando pelas ruas... em direção ao Monte Berico

O Monte Berico situa-se ao sul da cidade de Vicenza e tem uma altura de quase 1.000 metros. Pertence a um remoto sistema de montanhas de origem vulcânica que se estende por mais de 30 quilômetros. É uma longa caminhada... e com um calor daqueles... mas, tenho certeza que você, quando chegar no topo, vai pensar: "nossa... valeu a pena!"

O teto verde da Basilica Palladiana... Dá para calcular mais ou menos o quanto a gente andou, não é mesmo? Rsrsrs

Olha a vista de Vicenza...

Em direção a Basilica de Monte Berico.

Olha a subida... rsrs

A Basílica de Monte Berico... linda!

Ao lado da Igreja, há um mirante...

com uma vista espetacular da cidade!

"Para baixo, todo santo ajuda..."

Só assim para aguentar o calor... Granita GRANDE - 4 euros
Tomei um gole enorme... doeu até meu cérebro, de tão gelada! rsrsrs

Que cidade gostosa... com certeza, eu passaria mais alguns dias em Vicenza, somente para andar sem nenhuma preocupação, tomando uma granita, passeando pelas ruas... O Eduardo se emocionou muito, pois Vicenza é a cidade natal dos bisavós dele. Várias coisas que ele ouviu desde criança ele conferiu pessoalmente... E isso, não tem preço!

Voltando para Verona, fomos novamente comer uma pizza na Pizzeria Olimpia... O cansaço era muito forte e não queríamos gastar energia procurando outro lugar.

Olha que legal essa foto: dois Smarts, da mesma cor, parados em sentidos contrários na rua... rsrs

Voltando para o Il Ghiro, encontramos um bom barzinho de esquia... sabe aqueles que somente algumas pessoas sabem que existe? Olhei para o Eduardo e disse: "Vamos ver se ter Spritz?!?" E não é que tinha... Tomei 4 a 2,50 euros cada um... Saí trançando as pernas... rsrsrs

Eu no Cikos, com a dona do bar... rsrsrs como eu me diverti essa noite...rsrs
Ela também tomava junto com a gente... Esse Spritz no balcão é dela... Eu não entendo italiano e ela falava enrolado por causa da bebida... ai que eu não entendia nada mesmo...rs Mas, foi uma conversa ótima!!!

Quarto Spritz... rsrs

Um dos ingredientes do Spritz!

Eu, já sob o efeito dos Spritz... brincando com a chave do Il Ghiro...rs

Chegando no Il Ghiro, fizemos uma... ah... pequena bagunça...rsrs. A Stela veio e pediu, "por gentileza", para acalmar os ânimos, já que havia outros hóspedes... rsrsrs... Analisando: eu estava destruído de cansado, louco por causa dos Spritz e teria que acordar cedo para fechar a estadia em Verona e ir para Veneza.... rsrsrs ok, então!

GASTOS $$$ -
Gastos: Márcio (base apenas de um viajante para melhor compreensão)

- Passagens de trem (Ida - 9 euros; volta: 9 euros): 18 euros
- Café e croissant: 2 euros
- Entrada - Teatro: 8,50 euros
- Almoço: 10 euros
- Lanche - mercado: 3,57 euros.
- Pedaço de pizza: 2,50
- Ônibus - ida e volta: 2,40 euros
- Entrada - Rotonda: 10 euros
- Granita: 4 euros
- Jantar: 9,50 euros
- Spritz: 10 euros
- Diária no B&B: 60 euros (30 para cada um) - http://www.ilghiro.net/

TOTAL DO DIA: 107,97 euros

PREVISÃO DE GASTOS DO 08 DIA - ROTEIRO FINAL: 100 euros

FALTOU: 7,97 euros (o que eu "torrei" em Spritz...rs)

6 comentários:

Lu Nascimento disse...

Márcio, estou acompanhando cada cidade e adorando os relatos. Mas,eu confesso, mal posso esperar por Veneza! Ainda bem que é a próxima cidade!!! Eu sempre fui apaixonada por Veneza e até hoje parece que eu sonhei que estive lá, pois fiquei só um dia e meio, numa viagem não planejada, mais um motivo para aguardar ansiosamente pelo teu relato. Beijos!

Raquel M.B.G. disse...

Márcio, agora eu fiquei bem curiosa para tomar esse tal Spritz...rsrsrs Fica pra próxima, rs. Lindas fotos, abraços, Raquel
www.saladagrega.blogspot.com

Lilian Carvalho disse...

Já coloquei na minha(wish-list) lista de desejos: Spritz!!

Márcio Jardim disse...

Oi Lu...
Fico feliz que está gostando... Gostou dos posts sobre Veneza??? Bjs

Márcio Jardim disse...

Raquel,
O Spritz é MARAVILHOSO...
Eu amei...rs
Bjs

Márcio Jardim disse...

Oi Lilian,
Já experimentou???
Conta depois hein?
bjs

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...