É sua primeira vez por aqui? Entenda o blog: No dia 13/08/2010 eu criei este blog apenas para programar a minha viagem para a Itália... Ele cresceu muito, fiz muitos amigos e virou uma fonte de informações para muitas pessoas. Para melhor compreensão, ele foi dividido em três partes: 1) as pesquisas sobre cada cidade, atrações turísticas, gastos,... e o marcador que eu adoro: Entrando no clima, onde experimentei receitas, filmes, livros,... 2) A montagem do meu roteiro passo a passo: todos os dias estão na guia ROTEIRO FINAL; 3) O relato completo da minha viagem - todos os dias - com informações, dicas, gastos totais... etc. Estão na guia MINHA VIAGEM. Entre... o blog é seu!!! Aqui você vai encontrar informações sobre as cidades que eu visitei: Milão, Lago di Como, Turim, Verona, Pádova, Vicenza, Veneza, Florença, Pisa, Lucca, San Gimignano, Siena, Arezzo, Cortona, Cinque Terre, Assis, Roma, Pompéia, Capri, Sorrento, Positano e Nápoles... Este projeto foi finalizado pois estou com outro agora: http://www.toindoparaafranca.blogspot.com/ - mas entrarei aqui uma vez por semana para responder comentários, perguntas, etc... BOA VIAGEM À ITÁLIA!!!

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Meu relato de viagem - dia 09 - Veneza

Boa tarde, amigos...

Bem, finalmente cheguei em uma das cidades mais esperadas... nem vou dar aviso hoje... Já vou começar direto em:

Marcelino, como está a Itália??? Magiorno - Dia 09 - Veneza

Eu confesso... estava totalmente tenso neste dia. Tomamos o último café no Il Ghiro, fechamos nossa conta - sem olhar muito para os olhos da Stela, devido a vergonha da noite anterior...rs - e lá fomos nós em direção a Estação. Eram 7h30 da manhã e eu só pensava em uma única coisa: estou indo para Veneza...

Enquanto esperava o trem, repassei mentalmente as cidades que visitei na minha segunda cidade-base:
- Verona - fiquei encantado! Passaria fácil fácil mais alguns dias... acolhedora, charmosa... só a Piazza del Erbe, com aqueles copos de frutas picadas já era o suficiente... ainda bem que acrescentei no meu roteiro. Claudete, entendi totalmente porque esta cidade foi sua paixão italiana...
- Pádova - A viagem valeria a pena somente pela Capella degli Scrovegni... o resto do dia foi um "plus" fantástico e delicioso.
- Vicenza - Graciosamente graciosa! Adorei Vicenza! Foi uma das surpresas do meu roteiro... pensei que seria apenas uma cidade a mais... puro engano... uma típica cidadezinha italiana, repleta de tradições...

Mas, não adiantou... naquele momento eu só pensava em Veneza...

Entramos no trem - a passagem já estava comprada - e lá fomos nós para nossos assentos marcados. Depois de todos aqueles spritz, do cansaço, etc... eu estava elétrico. Não consegui descansar um minuto durante a viagem. Eu não tirava os olhos da janela... Na metade da viagem, uma senhora passou no corredor e ouviu a nossa conversa: "Vocês são brasileiros?". E iniciamos uma troca de experiências... Ela já estava na Europa há uma semana... Contou que seu sonho era conhecer Veneza e que ficaria apenas um dia e na  manhã seguinte, bem cedo, partiria para Florença. Perguntei se um dia não era muito pouco para a realização de um sonho. Ela disse que foi o roteiro imposto... Ela estava acompanhada pela irmã, sua filha e a sobrinha...

Eu comecei a não prestar mais atenção no que ela estava falando quando eu vi água pela janela... Falei um pouco alto: "Estamos chegando!". Creio que ela ficou ansiosa também e voltou para o seu lugar, para arrumar as malas... Chegamos em Veneza Mestre e meu coração já estava saindo pela boca... Juro para vocês que eu tremia - não tenho vergonha nenhuma em confessar. Grudei os olhos na janela como uma criança que nunca andou de carro... Algumas pessoas perguntavam se era para descer ali ou não e, como não existe ninguém para dar informações nos trens, eu ajudei e expliquei que quem quisesse descer em Veneza propriamente dita, deveria descer na próxima estação, Santa Lucia...

O trem partiu e começamos a atravessar a Ponte della Libertá... em poucos minutos, chegamos na Estação Santa Lucia...

O interior da Estação...

A fachada da Estação

Impressionado!!!

Creio que eu fiquei, sem exagero nenhum, uns dez minutos observando desta forma como vocês estão vendo na foto... Linda, linda, linda, linda... e linda! Eu não acreditava que eu estava ali... Cheguei em Milão, percorri algumas cidades... mas, quando estava parado ali, em Veneza, a emoção veio... e forte! Enchi os olhos de água. Senti as pernas bambas, pois finalmente eu sentia que realizei meu sonho... Veneza, que todos falam, comentam, mostram imagens... estava na minha frente... ali, pertinho...

Bem... voltei a realidade! Estava com receio de demorar para achar o hotel. Quando você sai da estação, do lado esquerdo, você irá encontrar os guichês para compra dos tickets do Vaporetto...


O PULO DO (GATO) TURISTA: Por mais que falarem, aconselharem, pedirem... para você não comprar o bilhete do Vaporetto para a quantidade de dias de permanência na cidade, NÃO DÊ OUVIDOS!!! Se você ficar um dia, compre para um dia; se ficar dois, compre para dois; se ficar três, compre para três... ACREDITE EM MIM! Você não irá se arrepender: 1) é muito mais barato comprar por dia do que individualmente. 2) você VAI precisar! Confie em mim... Como você leu no post indicado acima, os bilhetes são:
16,00 € - Bilhete de 12 horas
18,00 € - Bilhete de 24 horas
23,00 € - Bilhete de 36 horas
28,00 € - Bilhete de 48 horas
33,00 € - Bilhete de 72 horas
Eles podem ser adquiridos em postos autorizados e você tem direito a viagens ilimitadas durante o período de vigência.

Eu comprei o bilhete para 72 horas - 33 euros. Não se preocupe: você pode recarregar o bilhete por mais tempo. Por exemplo: você compra o bilhete para 12 horas e paga 16 euros... mas, você pode recarregá-lo por mais 12 horas e pagar mais 16 euros... Mas, faça as contas: assim, você já gastou 32 euros para 24 horas... praticamente o preço de um cartão de 72 horas.

Olha ai o ticket do Vaporetto...

Munidos do nosso cartão, esperamos o Vaporetto... extremamente ansiosos...rsrs!

CINTO DE UTILIDADES: É imprescindível neste momento você possuir um mapa, com indicações, do seu hotel, principalmente do nr. do Vaporetto que você tem que pegar e onde descer.

Os pontos para entrar nos vaporetos são estas casinhas brancas, com faixas amarelas:

O vaporetto saindo do ponto: você aguarda na "casinha". Dentro, há indicações dos nrs. dos Vaporettos que param naquele ponto. Compre - ou tenha impresso da internet - o mapa das direções dos Vaporettos. É muito fácil se localizar, não se preocupe. Assim que o funcionário abrir a porta do vaporetto, ENTRE! Se você demorar muito, ele fecha a porta e vai embora...rsrs

Uma particularidade: tem uma maquininha para você passar o cartão para validar sua entrada no barco. Vi somente italianos - e poucos turistas - realizarem esta operação. A grande maioria entra e sai sem mostrar nada. Não há ninguém que controle isso. No Vaporetto, somente há um funcionário que atraca o barco na casinha e abre a porta para entrada e saída... Os espertinhos fazerm a festa... até aparecer alguém e pedir o bilhete.... Nossa!!! Eu presenciei uma cena dessas: o controlador pediu o bilhete e o rapaz não tinha... Eu escutava o controlador falar do outro lado do barco... Não sei o final da história, porque não vi, mas tenha certeza: é multa na certa, em torno de 70 a 110 euros...

Primeiras fotos de Veneza...

de dentro do Vaporetto....

Nem acreditei quando eu vi: a famosa Ponte Rialto.


O que falam de Veneza, é verdade... dezenas e dezenas de vielas e pequenas ruas... um ponto é claro: um mapa com certeza não ajuda em nada. Mas, não se preocupe: as ruas principais, os bairros e os pontos turísticos são todos muito bem sinalizados, de qualquer parte da cidade.

Veja no lado direito as placas...

Ainda bem... Havia várias placas do nosso hotel, indicando o caminho certo... alívio! Pensei: "se eu me perdesse aqui, não sairia mais"

Finalmente chegamos no hotel!

Depois de me conter com toda a força do mundo para não seguir correndo as placas em direção a Piazza San Marco, chegamos no hotel. O Hotel Caneva é simples, mas os funcionários muito atenciosos. O quarto estava muito bem limpo. O banheiro é compartilhado e era perto do nosso quarto. Havia um banheiro e o chuveiro era em outro quartinho, totalmente pintado de azul, que apelidei de "quartinho do Smurf"... era tão pequeno, que só tinha o chuveiro e o box. Sem muito se virar para tomar banho...rsrsrs Tudo bem, não me incomodei... Pelo preço que eu paguei - 50 euros a diária - e praticamente ao lado da Ponte Rialto, eu não poderia esperar muito, não é mesmo?

Deixamos as malas, olhamos o quarto... tirei o tênis que estava cozinhando meus pés e coloquei minhas havaianas bem brasileiras. A tensão era grande, o nervosismo era enorme... Desci as escadas voando... foi quando eu percebi a outra "porta" do Hotel...

Imagina quando inunda?!?

Saindo do Hotel, tirei uma foto que gostei muito...

Em Veneza é assim... localização de todas as formas... rsrs

Andando e conhecendo algumas vielas, encontramos uma pizza bem "pequena"...


O PULO DO (GATO) TURISTA: Você irá encontrar dezenas de centenas de milhares de lojinhas vendendo lembrancinhas... as máscaras de Veneza então... você irá enjoar de tanto ver. Mas, lembre-se de não comprar na primeira que você entrar. Eu uma, vi um chaveiro fantástico por 5 euros... depois vi o mesmo, em outra, por 6,20... depois, por 3,99... acabei comprando em uma por 1,99 euros... o mesmo chaveiro! Igualzinho... Claro, isso não vale para peças diferentes ou que você queira muito pois, se você deixar para comprar depois, com certeza você não irá encontrar o local de novo.

Virando em uma viela, atravessando uma pequena ponte, virando uma, duas, três vezes... para a esquerda, para a direita, de repente...



Eu não "TÔ INDO PARA A ITÁLIA"... rsrs
EU TÔ NA ITÁLIA!!!


A Basílica e sua fila gigantesca...

A Piazza San Marco AINDA um pouco vazia...
Os turistas "brotam" do chão... é impressionante... 




EU ESTAVA NA PRAÇA SAN MARCO... Era a única coisa em que eu pensava... eu ria, pulava, olhava tudo... Foi emoção pura! Linda, linda, linda, linda... - eu acho que já escrevi isso, não é mesmo? - A fila para a Basílica era enorme, fiquei com pena das pessoas que estavam nela debaixo daquele sol escaldante... ok, eu confesso... e um pouquinho de inveja... rsrs... Mas, deixei para ver a Basílica no dia seguinte. Queria fazer a "pesquisa de território" primeiramente.

Resolvemos conhecer as lojinhas, bares e cafés da Pizza San Marco... Em um café, eu fiquei bestificado (eu queria usar essa palavra faz tempo...rs) quando vi o preço de um Capuccino: 12 euros... Isso mesmo, 12 euros... Como estava muito quente, achei melhor deixar para tomar um capuccino depois... rsrsrs


Chique, né???

Era próximo do meio dia, e eu já estava ficando com fome... Achamos melhor começar a procurar um restaurante para comer algo. Andamos por entre as pequenas ruas e, de repente, encontramos a Sra. do trem... lembram? Aquela, que o sonho era conhecer Veneza... Ela ainda estava com a mala, juntamente com suas companheiras de viagem... disse que não havia encontrado o hotel... Eu fiquei com muita pena, sinceramente... Era o sonho dela! Imagina conhecer Veneza, andando com um mala, procurando um hotel?!? E ela ficaria apenas um dia... De manhã cedo ela partiria para Florença. Fiquei torcendo muito para ela encontrar o hotel para poder curtir a cidade... Mais uma vez: uma viagem planejada e organizada é essencial! Ela não tinha nem um mapa do Hotel...

Bem, voltando a nossa procura... tentamos sair de perto da Piazza San Marco e da Ponte Rialto. Realmente, uma informação que li em blogs e sites de turismo é verdade: são milhões de turistas... você não consegue andar direito... "Scuzzi, scuzzi..."... Você vai falar isso dezenas de vezes... rsrs. Tentamos procurar restaurantes em vielas onde não existia ninguém...rs Quase impossível. Motivo? Preços!!!

O PULO DO (GATO) TURISTA: FUJA dos pontos turísticos para comer... não fique nem perto! Em Veneza, esta dica é multiplicada a quinta potência! Um panini - misto frio, com dois pães, uma fatia de presunto e uma de queijo - em uma barraquinha quase em frente a Piazza San Marco custava inacreditáveis 8 euros... sim, isso mesmo... Veneza é o dobro do preço de todas as outras cidades italianas. É caro? Sim, é... Mas, se você tiver fôlego, consegue driblar os preços astronômicos muito bem...

Andamos, andamos... e, a cada passo, eu adorava cada vez mais... se isso era possível! Eu não consegui acreditar em alguns blogs ou comentários em sites de viagens, que alguém postou que não gostou de Veneza, que achou um "lixo", fedida, horrível... tudo bem, opinião pessoal, mas eu não consigo entender, sinceramente... É linda demais! Única!



Depois de muito andar, encontramos um restaurante bem convidativo...

O PULO DO (GATO) TURISTA: Muitos restaurantes servem pratos turísticos: primo piatto, secondo piatto, salada e até a bebida, por um preço único. A média é entre 10 a 13 euros.

Em todos os lugares que vi este cardápio, havia duas opções:
Neste caso, eram:
Primo piatto - Spaghetti ao pomodoro ou Spaghetti a Bolonhesa;
Secondo piatto - Frango ou lula frita... (hummm)
Com salada ou batata frita... Tudo por 10,90 ou 12,90 com refrigerante ou água...
Ótimo, não é mesmo?!? Sim, melhor ainda? SEM COPERTO!!!

Durante o almoço, o Eduardo sentiu algo... Ele olhou para mim e perguntou: "Você está sentindo mexer?"; "Como assim?"; "O restaurante está mexendo..." Parando para perceber, vi que era verdade. Ele pensou que estava com labirintite...rs Depois, descobrimos que REALMENTE toda Veneza - as construções - mexe... Claro, estamos em cima do mar... Ele balançando, tudo segue o mesmo ritmo... Foi meio desconfortável no hotel, deitado na cama... é estranho! Pense comigo: se eu estivesse em um barco e mexesse, tudo bem... Mas eu estava dentro de um prédio, então... fica esquisito! Rsrs... Mas, em um lugar especial - que conto depois - confesso que passei medo devido a isso.... 

Pensamos em descansar depois do almoço... ficar sentado um pouquinho no restaurante.... Um olhou para o outro e falamos: NEM PENSAR... Corremos novamente para as ruas de Veneza... Eu já falei que Veneza é linda? Não? Pois é... você va se cansar de ler isso, porque é linda, linda, linda... e linda...

Mas, o sol estava muito forte... o boné não estava aguentando... o que achamos em uma barraquinha? Um chapéu de gondoleiro enorme... eu fiquei parecendo o Chico Bento...rsrsrs... Mas, era impossível continuar sem uma boa proteção...

Cinto de utilidades: Não esqueça do chapéu e do protetor solar... Olha a insolação!!!

Bem, para ter uma visão geral da cidade, pegamos o Vaporetto nº 1, que dá a volta completa no Grande Canal...









*
*
*
*
*
Estes asteriscos simbolizam o seguinte: EU NÃO SEI COMO EXPLICAR!!!!
É simplesmente impressionante!!!!
Não deixe DE MANEIRA NENHUMA de fazer este passeio...
Até porque ele dá uma visão geral do todo e fará você se situar...
Tudo bem, em Veneza isso é impossível, mas pense que sim...rsrsrs

Voltando do passeio maravilhoso com o Vaporetto, fomos em direção a um dos símbolos máximo de Veneza: a Ponte Rialto... nós já falamos dela aqui, lembra? http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/02/ponte-rialto-ponte-dos-suspiros-e.html

Seguindo as setas...

Olha ai eu...

De perfil, para mostrar meu chapéu de Gondoleiro Chico Bento...
Essas são as lojinhas (diminutivo) com preção (aumentativo) da Rialto.

Foto do Grande Canal, tirada da Rialto...


Linda!!!

Nem pense em comprar nada na Ponte! Eu disse NADA!!! Você encontra as mesmas coisas, um pouco mais afastado, pela metade do preço! Depois de passear - e muito - pela ponte, fomos em direção ao Palazzo Ducale... Você já leu sobre ele aqui no blog... não lembra? Clique ai: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/02/atracoes-turisticas-veneza-san-marco-03.html

Eu já estava com o voucher do Museum Pass - comprado online - na mão... Pagamos pelo Pass 18,50 euros, o que compensa e muito, pois só a entrada do Palazzo é 12 euros. Chegamos na bilheteria do Palazzo, mostramos o voucher e entramos...



No interior do Palazzo...


A vista de uma das janelas...



Adivinha??? Vista da Ponte dos Suspiros...


O Palazzo Ducale, também conhecido como Palácio do Doge, é suntuoso... Realmente, um palácio... Fizemos todas as partes, com calma... descemos até ao calabouço e passamos pela famosa Ponte dos Suspiros... Lembra dela né? No link acima, da Ponte Rialto, fala também da Ponte dos Suspiros... E, como eu, você irá pensar: "Meu Deus, como tudo isso não afunda?!?!".

Há diversas salas no palácio. muito bem decoradas e com tetos maravilhosos... Sem fotos! E se prepare: não dá para ficar muito tempo em cada sala, pois uma avalanche de pessoas te empurram para fora... rsrs Cuidado com os pés! Eu levei dois pisões que esmagaram meus dedos...rsrs

Saímos... eu queria ficar mais um tempo na Piazza San Marco... Eu me apaixonei por aquilo...



Como falamos aqui no blog, estava aberta a Bienal de Veneza - http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/06/bienal-de-veneza.html - e vi uma obra muito interessante...

Olhem de longe... o tamanho e a figura que forma...

E olhem do que era feita... Fantástico, não é mesmo?!?!

Como ainda tínhamos tempo, resolvemos ir no Museu Cá Pesaro... lembram que descobri um quadro que eu queria muito ver? http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/03/atracoes-turisticas-veneza-santa-croce.html

Pegamos o Vaporetto nº1 e lá fomos nós... Juro para você: quando você entra no Vaporetto, se acomoda, e ele começa a andar, você não quer mais descer... Como é gostoso ficar vendo aqueles prédios, os barcos, as gôndolas,... é fantástico! Meu passe foi muito bem utilizado...rsrs

O Ca´Pesaro é sede da Galeria Internacional de Arte Moderna. Para ser sincero, como comentei no post do link acima, ele não estava na minha lista... Só entrou devido ao quadro do Klimt... Sempre foi um dos meus pintores favoritos e este particularmente - Giuditta II - Salomé - eu fiz vários estudos e desenhos... Eu nunca vi uma obra do Klimt ao vivo e a emoção começou a vibrar... Entramos no museu - ingresso 8 euros, mas não pagamos pois o Museum Pass cobre esta tarifa - e comecei a procurar com os olhos... Rapidinho eu encontrei...

SEM FOTOS no Museu!
Lembram que eu disse que tirei três fotos escondidas, não é?
Na Galeria Sabauda foi uma...
Aqui foi a segunda... tremida, devido ao nervosismo, como sempre
Os guardas de lá não tiravam os olhos...

Lindo, magnífico, majestoso, fantástico, supreendente... fiquei uns vinte minutos olhando e não me cansei... as cores, o dourado, as formas, os pequenos pontos de azul e vermelho, as formas geométricas... eu não queria sair dali... Cheguei bem perto, vi a textura da tinta, as rachaduras, as marcas do pincél... O Eduardo praticamente me puxou para eu sair... Quem gosta e estudou arte, vai me entender...

Voltando, paramos na magnífica Basílica de Santa Maria della Salute... minha igreja preferida em Veneza...

Imagem da Wikipedia.

Informações do Wikipedia: A peste foi trazida pelo conde de Mântua, que foi internado na ilha do Lazzaretto Vecchio, mas bastou-lhe entrar em contacto com um carpinteiro local para que a infeção se estendesse por toda a cidade a partir do Campo San Lio. Em 22 de março de 1630 o então patriarca de Veneza, Giovanni Tiepolo, fez uma promessa: "prometo solenemente erguer nesta cidade uma igreja e dedicá-la à Virgem Santíssima, chamando-a "Santa Maria della Salute", e que cada ano no dia em que esta cidade seja declarada livre do presente mal, Sua Serenidade e Seus Sucessores irão solenemente com o Senado visitar dita igreja em perpétua memória da pública gratidão por tanto benefício". Em 26 de março, na Praça de São Marcos, o doge de Veneza Nicola Contarini, o clero e o povo reuniram-se para rezar. Quando a peste terminou tinham morrido 80 000 venezianos, e 600 000 no território da Sereníssima República, de Bréscia até Trieste, de Polesine a Belluno. Entre as pessoas que morreram, encontravam-se o doge e o patriarca.Em 28 de novembro de 1631 começou a construção na Punta della Dogana, a alfândega de Veneza. Confiada a Baldassare Longhena, a obra terminou em 9 de novembro de 1687, quando o patriarca Alvuse Sagredi a benzeu. Para poder erguer a basílica neste lugar foi preciso cravar 1.156.650 estacas no terreno e ganhar uma vasta área de solo ao mar.

Uma Igreja construída sobre mais de 1 milhão de estacas... Só esta informação vale a visita... E virou meu monumento predileto... não sei o porquê! Tenho esse vínculo com algumas coisas...




Olha essa casa, com esta mini ponte ao lado da Igreja...
Indo em direção a esquerda,  
encontramos um café ótimo, por 1 euro... diferença da Piazza San Marco, não?
E um panini por 3,50 euros...

Olha o Chico Bento... rsrsrs

Ehhh, vidão...

O pôr-do-sol em Veneza...


A Igreja, vista do Vaporetto...

Ilha e San Giorgio Maggiore...

Não preciso dizer como voltamos para o hotel, não é mesmo??? O cansaço consumia todas as minhas células... A troca de uma cidade-base para outra é muito cansativo no primeiro dia... Mas, aguentamos firmes e fomos realizar um sonho... andar por Veneza à noite e comer uma pizza no Grande Canal...

Olha que coisa mais linda? Eu já disse isso? Que Veneza é linda???


Pizza no Grande Canal - 12 euros, Birra - 5 euros...
Total: 22 euros - 11 euros para cada um.


Saímos do restaurante e agradeci por nosso hotel ser próximo! Sem brincadeira: da ponte Rialto ao hotel, não levamos 5 minutos... Tomei um banho rapidinho no "quartinho do Smurf" e, antes de me jogar na cama, abri a janela... EU ESTAVA EM VENEZA.... E agradeci a Deus por me proporcionar aquele momento...

OBS: Eu preciso dizer isso... deixe mais de um dia para Veneza... Você jamais irá se arrepender!!!

GASTOS $$$ -
Gastos: Márcio (base apenas de um viajante para melhor compreensão)

- Passagens de trem : 9 euros
- Passe - Vaporetto: 33 euros
- Museu Pass: 18,50
- Uma água grande: 2 euros
- Almoço: 12,90 euros
- Lanche : 4,50 euros.
- Jantar: 11 euros
- Diária no Hotel Caneva: 50 euros (25 para cada um) - http://www.hotelcaneva.com/albergo.html  


TOTAL DO DIA: 115,90 euros

PREVISÃO DE GASTOS DO 09 DIA - ROTEIRO FINAL: 100 euros

FALTOU: 15,90 euros

20 comentários:

Lilian Carvalho disse...

Linda, linda e linda, tive a mesma sensação, única, não existe nada igual! Dia 16.09 vou me lembrar de você quando estiver passando pelo Gran Canale de navio! Amo suas postagens! Beijos

Márcio Jardim disse...

OI visitante de honta... tudo bem? Lembra de mim hein? Fiquei com tanta saudade escrevendo este post...rsrsrs bjs e obrigado pela visita...

Lu Nascimento disse...

Márcio, finalmente você chegou na cidade que é o amor da minha vida. Desde 2000 meu sonho era conhecer Venezia, fiz a faculdade inteira sonhando com o dia em que estaria lá! Quando cheguei fiquei totalmente sem ação, o momento em que você sai da estação e vê pela primeira vez o Gran Canale é inenarrável, sim, inenarrável!
Obrigada mais uma vez por compartilhar esta maravilha conosco, me sinto de novo lá, e com certeza da próxima vez vou passar ao menos 4 dias por lá!
Beijos

Glaucia disse...

Tenho certeza de que terei a mesma impressão: linda, incomparável, linda, única, linda, linda, linda... Louca pra chegar lá !! E vc, como sempre, arrasando nos seus relatos !! Obrigada pelas dicas !! É tudo muito valoroso pra gente que vai por conta e risco!! Bjs

José Geraldo disse...

Muito legal o seu blog. Vou para Roma dia 24 e vou passar 6 dias lá, gostaria que você adiantasse alguma informação a respeito de Roma, sei que no seu roteiro Roma estava mais para o fim e acho que não vai dar tempo de ler seus relatos até a data da minha viagem. Tem como me mandar dicas, locais para comer, etc?
email: geralldo@ig.com.br

Priscila disse...

Que tuuudoooo!!! Amei!!!!
Obrigada por ser tão perfeito nos seus relatos!!!
Conta logo o segundo dia vai.... conta...rsrs
bjos

Carlos disse...

Meu caro Márcio seus relatos cada vez mais detalhados, dessa vez lie duas vezes é muito bom, e as dicas sensacional, veneza foi umas das cidades que mais visitei todas as vezes q fui a Ítalia depois digo qd isso aconteceu.
Mais qd vie as fotos da noite de veneza fiquei encantado e acho q vale a pena mesmo.
Parabéns;;;

Samanta disse...

Márcio, realmente: linda, linda, linda! Como vc, eu também não entendo os que dizem não gostar de Veneza, mas gosto é gosto não é?! Por outro lado, entendo muito bem a sua sensação, sua emoção e sua alegria... desde a entrada no trem, na expectativa de avistar logo as águas de Veneza! Eu passei 2 dias apenas lá, mas foi incrível! Revivi toda a emoção da minha viagem ao ler esse post! Amei! Aliás, estou lendo aos poucos seus relatos e estou adorando, me sinto novamente na Itália! Un bacio! Samanta

tudodebom disse...

Como diria Julia Roberts: fiquei molhadinha!! :-))) Mas me diga uma coisa... Veneza é linda?? hehehe Kisses

Taciana disse...

Oi Márcio! Lindíssima, Veneza! Gostaria que vc me informasse os nomes dos restaurantes com o endereço onde vcs almoçaram e onde jantaram no Grande Canal. Obrigada. Ah! Só para confirmar: há alguns dias mandei um e-mail para o blog me apresentando e fazendo alguns comentários sobre ele, inclusive sobre a possibilidade de virar livro. Tá lembrado? Ainda não obtive resposta. Vc pode me confirmar se recebeu? Obrigada.

Chris disse...

Parabéns, tanto pelo blog quanto pela viagem. Agora posso contar com a sua experiência, rs. Preciso sair de Roma para Veneza, mas ainda não sei se devo comprar o bilhete com antecedência. Cada dia que passa parece que fica mais caro. Será que encontro um preço mais convidativo lá, ou comprar pelo site é imbatível?

Anônimo disse...

Márcio,
depois você coloca como vc comprou o museum pass de veneza? Não achei o site, valeu a pena? A que ele dá direito, a tudo?
Vou pra lá em 24 de setembro.
Obrigada, e parabéns pelo trabalho!
Eloisa

Anônimo disse...

Marcio, Marcio, Marcio..
ta querendo matar a gente né com essa demora toda?

a gente sabe que são muitos detalhes que vc poe, várias coisas pra confirmar e deixar tudo redondinho.. maaaaass...posta mais rápidoOOOOOOO e com mais frenquencia!!!!!!!

pelo bem de seus seguidores!!!!
=D

Isabela disse...

Muito legal os posts. Estou revivendo os meus dias na Itália. Da próxima vez, considerarei comprar o pass do Vaporetto, mas posso dizer q uma das coisas q mais amei em relação a Veneza foi examemente isso: andar a pé, pelas suas ruas (quase) sem sinalização, nunca sabendo o q ia encontrar pela frente!
Parabéns pela viagem e obrigada por estes posts de utilidade pública (rs)!

Simone disse...

Fui a Veneza pela primeira vez em 2005. Qdo cheguei peguei o vaporetto nº1 e desci em San Marco. Qdo cheguei a piazza e olhei a basílica, comecei a passar mal, hahaha! Eu nunca tinha visto uma coisa mais bonita na vida do que aquela laguna e a basílica. Senti uma tremenda tontura e a mão formigou, mas foi coisa de segundos, sem consequencias. Chorei. Foi um choque ver algo tão lindo. Voltei a cidade outras vezes (sempre pra passar uma semana, e sempre saio de lá com dor no coração de saudade), a mais recente em maio de 2012, andei por todos os distritos, até o fim de Sant'Elena e o Lido, mas sempre que eu volto sinto a emoção de estar realizando um sonho.

Márcio Jardim disse...

Realmente Simone...
Veneza é linda!!!
Para chorar
;)

Dri Castro | Fotógrafa disse...

Incrível! Seu relato é de fazer os que acham Veneza "feia e fedida" mudarem de opinião.
Eu não conheço, mas vou conhecer e mesmo com tanta gente falando mal, eu só consigo imaginar que vou amar esse lugar. ;)
Foi o lugar escolhido para eu chegar, vai ser o 1o lugar da Europa que irei pisar. Mal posso esperar para tomar o gelatto de nutella, para sentir meu hotel "tremer" rsrs e para andar, andar, andar e me perder muito por essas ruazinhas. Eu tinha pensado em visitar Murano(tanto que deixei um dia a mais - roteiro apertado - para esse passeio), mas desisti de verdade depois do seu relato e pelas fotos também gostei muito mais de Burano. Eu quero acordar muito cedo nessa cidade, aproveitar que não deve ter muita gente pelas ruas e fotografar muito.
No seu livrinho tem todas essas dicas? Dos lugares do gelatto, de onde comprar bellini(barato)? Quanto custa e como faço para comprar o livrinho(estou qse gastando todas as minhas economias em guias de viagens)? rs
Beijos e ainda vou ler mais e mais seu blog.

Márcio Jardim disse...

OI Dri Castro... É só clicar na imagem do livro no canto superior direito do blog! Vai abrir todas as informações para compras ok?
abs

Priscila Wierman disse...

Bom dia a todos! Vou em lua de mel para a Itália, cidades Roma, Veneza e Verona!!!!!
Ainda estou procurando me interar das dicas no blog, porém, como já fechamos passagens e hoteis, gostaria de saber o site para comprar o museum pass/Roma pass que mencionaram, bem como o de trem, pois vamos de Roma para Verona-Veneza de trem. parece que ´trenitalia, é isso?

para comprar o pass do vaporetto é nessa cabine mesmo que fica esperando por eles?

abraços,

Priscila

Márcio Jardim disse...

Oi Priscila,
Sim o site para compra das passagens de trem é o trenitalia. Quanto ao roma pass, vc pode comprar pela internet ou nas bancas de jornais ou nos pontos de axílio turístico (tem um no aeroporto e na estação termini). O passe do vaporetto vc compra em uma cabine assim que sair da estação Santa Luzia.
Abs

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...