É sua primeira vez por aqui? Entenda o blog: No dia 13/08/2010 eu criei este blog apenas para programar a minha viagem para a Itália... Ele cresceu muito, fiz muitos amigos e virou uma fonte de informações para muitas pessoas. Para melhor compreensão, ele foi dividido em três partes: 1) as pesquisas sobre cada cidade, atrações turísticas, gastos,... e o marcador que eu adoro: Entrando no clima, onde experimentei receitas, filmes, livros,... 2) A montagem do meu roteiro passo a passo: todos os dias estão na guia ROTEIRO FINAL; 3) O relato completo da minha viagem - todos os dias - com informações, dicas, gastos totais... etc. Estão na guia MINHA VIAGEM. Entre... o blog é seu!!! Aqui você vai encontrar informações sobre as cidades que eu visitei: Milão, Lago di Como, Turim, Verona, Pádova, Vicenza, Veneza, Florença, Pisa, Lucca, San Gimignano, Siena, Arezzo, Cortona, Cinque Terre, Assis, Roma, Pompéia, Capri, Sorrento, Positano e Nápoles... Este projeto foi finalizado pois estou com outro agora: http://www.toindoparaafranca.blogspot.com/ - mas entrarei aqui uma vez por semana para responder comentários, perguntas, etc... BOA VIAGEM À ITÁLIA!!!

sábado, 10 de setembro de 2011

Meu relato de viagem - dia 10 - Veneza

Boa tarde, amigos...

Antes, uma observação: Uma leitora do blog me perguntou sobre o MUSEUM PASS DE VENEZA, informações, onde comprei, etc... Vejam aqui: http://www.museiciviciveneziani.it/frame.asp?pid=196&z=2&tit=_IT_biglietti

Veneza foi amplamente discutida aqui no blog... Veja no marcador VENEZA ( http://toindoparaaitalia.blogspot.com/search/label/Veneza) e você terá 50 posts de informações, atrações turísticas, etc... não deixe de ver os comentários, pois há dezenas de ótimas dicas...

E vamos continuar os relatos? Antes, gostaria de agradecer algo - já fiz isso na página do Face do blog, mas quero fazer aqui também... - : Em 10 minutos, o primeiro post de Veneza teve 376 visualizações... Obrigado pelo carinho e pela atenção! Segundo: mais uma vez, ficamos entre os 30 blogs sobre viagens mais votados do TOP BLOG - ícone aí do lado... Obrigado, obrigado e obrigado... Como posso agradecer??? Hummmm... Ah, já sei... lá vai:

Marcelino, como está a Itália??? Magiorno - Dia 10 - Veneza

Acordamos e, como eu comentei no primeiro post de Veneza, abri as janelas para ACREDITAR que eu estava em Veneza... Aqui vale uma observação: Quando eu escolhi o Hotel Caneva para ficar, recebi algumas críticas dizendo a mesma coisa: que de manhã, por volta das 8h, o barco do lixo chega e faz o maior barulho, acordando a todos... Bem, neste segundo dia, acordei e fiquei um bom tempo na janela observando o canal, etc... De repente, o barco do lixo chegou, tirou o lixo e foi embora... simples! Com apenas pequenos barulhos, totalmente suportáveis... Se eu estivesse dormindo - cansado da viagem - nem perceberia... E foi assim... todos os dias...


Tomamos um banho rapidinho no "quartinho do Smurf" e fomos tomar café. No hotel, poderíamos tomar café da manhã por 5 euros... Achamos um pouco demais e resolvemos aproveitar e tomar um legítimo café Veneziano... Descemos a Ponte Rialto e paramos no espaço onde acontecesse o Mercado de Rialto... Encontramos em uma lanchonete, um pouco escondida, um café e um croissant por 3 euros...

Uma observação: Se você está planejando sua viagem, com certeza já escutou que Veneza é fedida, que os canais são extremaente sujos, etc... Inclusive escutei de uma pessoa para eu levar tampão para o nariz, pois eu iria no verão e não conseguiria suportar... NÃO É VERDADE!!! Pelo menos durante minha estadia... Ela tem aquele cheiro de mar, de lugar perto de água, de maresia... - pelo menos para mim - e, quanto a sujeira do Canal, bem...


Essa é a cor das águas dos canais... e esses são seus habitantes,
levando - juntos - um pedaço de bolacha que eu joguei...
Achei uma graça cada um empurrando de um lado para levar a comida...rsrsrs

Olha ai mais habitantes de Veneza...

E tem alguns habitantes de penas que adoram os habitantes marinhos...rsrsrs
Este aí estava pronto para atacar!!!

Depois do café, resolvemos ir no mercado de Veneza comprar nossos lanches, água, etc... Já comentei sobre este mercado aqui, neste post de Milão que fiz um relato sobre os mercados na Itália.... sobre o de Veneza, postei inclusive sobre como comprar, preços e o endereço: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/08/meu-relato-de-viagem-dia-05-milao.html

Gastamos 17,67 euros no mercado (8,84 euros para cada um). Voltamos para o Hotel, deixamos as sacolas e preparamos nosso lanche... Como comentei, Veneza é muto cara... e a fome pode deixar a gente louco para cometer alguma besteira, como por exemplo, gastar exorbitantes 8 euros em um misto frio... Felizes com o preço dos alimentos no mercado, preparamos nossa mochila e fomos em direção ao nosso primeiro destino turístico do dia: o Museu Peggy Guggenehim... Pegamos o Vaporetto (gente, como eu gostei desse veículo de locomoção...rs) e lá fomos nós...


Achamos o ateliê deste artista perto do museu...

o nome dele é Livio De Marchi...

Olha essa cueca samba canção?!? Acredita que é madeira?!?
Não dá para ver direito pois não consegui um ângulo sem o reflexo
do vidro, mas "jogue" no Google o nome dele e veja algumas peças fantásticas...
Eu fiquei impressionado!!!
Tinha uma camisa em um cabide que você jamais diria que era madeira...

Continuando o passeio até o Museu da Peggy...





Chegamos! Eu já tinha o ingresso na mão - comprei antes pela internet... Como você viu aqui no blog:

Eu levei o voucher impresso do ingresso que comprei e troquei pelo ticket.
Ingresso - 12 euros...

A Coleção Peggy Guggenheim é um pequeno museu no Grande Canal, em Veneza, Itália. É um dos vários museus da Fundação Solomon R. Guggenheim. Contendo principalmente a coleção pessoal de arte de Peggy Guggenheim (1898-1979), ex-esposa do artista Max Ernst e sobrinha de Solomon Robert Guggenheim, este museu abriga uma coleção um tanto pequena e mais idiosincrática que as dos outros museus Guggenheim. Entretanto, os trabalhos expostos incluem alguns dos proeminentes modernistas americanos e futuristas italianos. As peças da coleção abrangem o cubismo, o surrealismo e o expressionismo abstrato. Estes incluem notáveis obras de Pablo Picasso, Salvador Dalí, Magritte, Constantin Brancusi (incluindo uma escultura da série "Bird in Space") e Jackson Pollock. A coleção está no Palazzo Venier dei Leoni, um inacabado palácio do século XVIII que nunca foi construído além do térreo. Em uma sala, o museu exibe algumas pinturas de sua filha Pegeen Vail. Nos pátios entre os principais edifícios há jardins que abrigam uma extensa coleção de obras. A Coleção Peggy Guggenheim é o mais importante museu italiano de arte americana e européia da primeira metade do século XX. A própria Peggy está enterrada nos Jardins do Palácio.



O túmulo da Peggy...

A vista da porta frontal do Museu...



Hahaha... gente, eu me divirto... rsrsrs

Se vale a pena ir ao Museu?!? Bem, você entra e dá de cara com um Picasso quase do tamanho da parede... depois você vira, mais um,... depois um Pollock, Dalí, Bacon... etc... Além das pinturas que enchem os seus olhos, você pode acompanhar um pouco da trajetória da excêntrica Peggy... Saber, por exemplo, que ela tinha sua própria gôndola e o seu gondoleiro particular... A vista da casa dela - hoje, o Museu - é de ficar embasbacado... Anota no seu caderninho!

Saindo do Museu, pegamos um traghetto para atravessar o Canal... Lembram dele? http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/02/como-se-locomover-em-veneza.html

Traghettos: Barcos semelhantes as gôndolas que cruzam o Grande Canal em sete pontos. É muito mais barato que outros serviços. Existem apenas três pontes sobre o Grande Canal de Veneza... como nem sempre as pontes estão por perto, usa-se o Traghetto para ir a outra margem. A viagem custa 0,50 cents e dura menos de 1 minuto...

Pagamos 0,50 centavos para atravessar o Canal... somente o gostinho incial...rsrs O passeio aumentou ainda mais o meu desejo de andar de Gôndola...





Olha o estilo do gondoleiro... Eu não sei como ele estava aguentando
ficar naquele sol sem nenhuma proteção... Estava forte MESMO!!!

Depois de atravessar, pegamos o Vaporetto... minha paixão...rs


Já era quase hora do almoço... E andar, com aquele calor, dá uma fome...rsrs Encontramos um restaurante - longe do centro turístico - muito em conta, com uma comida fantástica... O Eduardo pediu algo que, quando chegou na mesa, fiquei com medo...rs

Estranho, não é mesmo?!?!

Eu disse: "Você vai comer isso?!?", "Experimente...", Eu: "Nem pensar..."... Ele insistiu e peguei um pedaço de pão e passei nesse molho preto... Gente... eu adorei! Era uma delícia... Até onde eu entendi, eram pedaços de frutos do mar e molho feito com tinta de lula... Realmente, as aparências enganam.... rsrs

Nosso almoço deu 37,20 euros para cada um... (18,60 para cada um)... deu um pouquinho a mais pois pedimos algo que já tinha passado da hora para experimentar...

Um Tiramisú legítimo... Estava maravilhoso!

Saindo do restaurante, aproveitamos a hora do almoço, onde todos estão preocupados em encontrar algum lugar para comer, e nos dirigimos para ver a Basílica por dentro...

Olha aí eu na fila...  

Os famoso cavalos da Basílica...
Estes são os originais, conservados no interior...

...e estes são as réplicas, que ficam no lugar original...





Achei muito engraçado este menino ao lado... Eu estava esperando
a foto, de repente ele foi para o meu lado, com uma filmadora, ligou e
começou a narrar assim: "... agora, vemos uma bela visão
de Veneza, com sua ilha e diversos turistas, aproveitnado um dia de sol, etc..."
Fiquei impressionado!!! Rsrsrs

O PULO DO (GATO) TURISTA: Você não paga para entrar na Basílica... Mas, aviso: roupas curtas, nem pensar... Eles oferecem panos para você cobrir o que está a mostra... Mochilas grandes: nem pensar (2)... Se você estiver na fila com uma, eles vão gentilmente indicar um bagageiro que fica próximo da Basílica... 

O interior da Basílica é lindo, todo decorado com dourado... preste atenção no chão: todo irregular! Mais uma vez fiquei pensando: como tudo aquilo não afunda???

Saindo da Basílica, fomos em direção ao Campanário... Tinha uma pequena fila, mas foi rápido... Subimos de elevador... a vista é magnífica... Ingresso: 8 euros.









Lembram que eu comentei no post passado sobre um lugar que me deu medo devido as oscilações de Veneza? Então, foi aqui... O Campanário balança... e você sente muito bem isso! Até eu, que não ligo para essas coisas, fiquei com receio... Se em uma construção no chão, já sentimos, imagina em uma torre... quer dizer, no topo da Torre...rsrs Já comecei a lembrar que o Campanário já caiu uma vez...

Em julho de 1902, sobre a parede norte da construção, foi descoberta uma perigosa fenda que nos dias seguintes aumentou de tal modo que na manhã de segunda-feira 14 de julho às 9:47 o campanário se desmoronou. Não houve vítimas e, dada a posição da torre, os danos foram limitados em extensão. Durante a tarde o conselho comunal, reunido de urgência, decidiu a reconstrução com 500 000 liras para contribuir para os trabalhos. O sindicalista Filippo Grimani durante o discurso na ocasião da colocação da primeira pedra, em 25 de abril de 1903, pronunciou a famosa frase dov'era e com'era (onde estava e como era) que se converteu no lema da reconstrução. Os trabalhos duraram até 6 de março de 1912. O novo campanário foi inaugurado em 25 de abril de 1912 por ocasião da festa de São Marcos. - Wikipédia

Eu sei que é besteira pensar isso, mas... foi inevitável... rsrs Fiquei um pouco, tirei minhas fotos, aproveitei a vista e... desci rapidinho...rsrs! Mas, não deixe de ir! A vista geral de Veneza do alto é maravilhosa, como você pode ver pelas fotos acima... e não seja medroso como eu...rsrs

Não caia, hein?!? Rsrs

Após a visita ao Campanário, começamos a nossa busca por uma gôndola... Não que seja difícil encontrar uma em Veneza, até porque há dezenas nos canais, ocasionando até congestionamentos... Eu estou me referindo a uma gôndola BARATA... E isso, é quase impossível de encontrar...rsrs Perguntamos para um, para outro e os preços eram: 120 euros, 100 euros, 115 euros... Continuamos o passeio pelas vielas e, toda vez que encontrávamos um gondoleiro, a pergunta: "Quanto custa?"... Tentávamos negociar... com alguns conseguíamos, com outros não... até que encontramos um que fez por 70 euros o passeio...

O PULO DO (GATO) TURISTA: Não deixe de fazer o passeio de gôndola... É a mesma coisa que ir a Roma e não ver o Coliseu... É fantástico! Procure, negocie com os gondoleiros... Mas, lembre-se: deixe  o preço acertado ANTES de você entrar na gôndola... de preferência, com testemunhas...rsrs. E uma observação importante: a partir do final da tarde, os preços sobem... Uma dica: o preço é pelo passeio, independente do número de pessoas... Se você estiver em dois, três, quatro... podem dividir o valor... Se estiver sozinho, pergunte para alguém se não quer ir com você... Aproveite e faça novas amizades, ou  - quem sabe - novos amores...rsrs

O começo...

de um sonho...

sendo realizado!

Indo em direção ao Grande Canal...

Meus pés + Gôndola + Ponte Rialto = Maravilhoso!

Passando por baixo da Ponte Rialto...

O Gondoleiro... Muito simpático! Falava muito bem espanhol
e contava sobre todos os pontos turísticos de Veneza...

A casa de Marco Polo

As pichações chiques de Veneza...

O passeio durou 45 minutos... E eu tenho duas palavras para relatar sobre isso: Primeira - Indescritível; Segunda - Faça! Não importa o preço, não deixe essa oportunidade passar... Veneza, vista pelo passeio de gôndola, é linda, linda, linda, linda... (pensou que eu esqueci, não é mesmo?!?)

Descendo da Gôndola, aproveitando que paramos perto do hotel, fomos tomar um banho... Como comentei, o calor estava insuportável naquele dia...

Com o sol já sumindo, fomos encontrar outro símbolo de Veneza: a Ponte dos Suspiros... Já tínhamos visto ela por dentro... Agora, queríamos ver por fora...


Olha ai eu tirando a foto acima...
Ela estava com estes painéis em volta devido a uma grande reforma...

Continuando o passeio, encontramos uma confeitaria maravilhosa... Os torrones na vitrine eram para encher os olhos de qualquer um (eu amo torrone). Entramos e eu pedi um... A atendente foi extremamente mal educada e ainda falou, olhando para nós dois com desdém...: "Aviso que o pedaço é caro..." Provavelmente ela olhou para nós - de bermuda, camiseta e sandália - e pensou: são pobres e estão pensando que é barato.

Eu não aguentei: e em alto e bom som, eu disse: "Eu não perguntei o preço. Eu pedi um pedaço!". Ela olhou um pouco espantada, colocou o pedaço no pacote e entregou... O caixa era ao lado e a Sra. - provavelmente a dona - perguntou se aconteceu algum problema... Falei, para a atendente escutar: "Creio que sua funcionária está acostumada a atender o George Clooney, Madonna, Brad Pitt... e, como sou um ser humano normal, ela se confundiu em como me tratar..." Paguei 7 EUROS pelo pedaço de torrone e fui embora... Ai ai... às vezes a dignidade custa caro...rsrsrs

Custou caro, mas foi o melhor torrone da minha vida...rs

Para terminar o dia magnífico em Veneza, fizemos como os venezianos... sentamos na beira do Grande Canal para jantar...

Um passeio de gôndola no pôr-do-sol...




Jantar... Não deixe de fazer um piquenique como esse
no Grande Canal...

O cerveja boa... compramos duas garrafas geladinhas em uma
barraquinha por 1,50 cada uma...

O piquenique não é privilégio nosso...



Como diz o Eduardo: "Que vontade de empurrar..." Rsrs

VENEZA é linda, linda, linda... e PERFEITA!
Sentado, em frente ao Grande Canal, vendo aquele pôr-do-sol,
com minha cerveja geladinha, pensei:
Não quero mais ir embora...

GASTOS $$$ -
Gastos: Márcio (base apenas de um viajante para melhor compreensão)

- Café: 3 euros
- Mercado: 8,84 euros
- Almoço: 18,60 euros
- Ingresso - Campanário: 8 euros
- Passeio de gôndola: 35 euros
- Torrone: 7 euros.
- Cerveja Moretti: 1,50 euros
- Diária no Hotel Caneva: 50 euros (25 para cada um) - http://www.hotelcaneva.com/albergo.html  

TOTAL DO DIA: 106,94 euros

PREVISÃO DE GASTOS DO 10 DIA - ROTEIRO FINAL: 100 euros

FALTOU: 6,94 euros

19 comentários:

Anônimo disse...

Márcio,

obrigada por responder sobre o museum pass, mas olhando no site e pelo que estou vendo no seu relato no blog, acho que você não visitou esses museus do PASS, valeu a pena?
Obrigada,

Eloisa (epedroso36@yahoo.com.br)

Anônimo disse...

O pôr do Sol em Veneza é magnífico...... tenho uma foto do sol poente que não vi igual em nenhum outro lugar.....

Mariana disse...

Morri de rir com a história do torrone!! Fez bem em falar.... Tem gente que acha que pode tratar mal as pessoas. Acho isso um absurdo! Beijos.

Lilian Carvalho disse...

Como sempre primorosa descrição....viajei!

Anônimo disse...

Marcioooo, que delicia ler o seu relato!! Acabei de chegar de viagem, estive em Veneza em 21/08, fiquei 3 dias lá e como vc não achei a cidade suja, nem fedida e olha que peguei um calor absurdo lá, comentei com vc por email, que foi na semana em que fez muito calor na Itália, a 60 anos que não fazia calor assim e os italianos ficaram desesperados...rsrs.. Amei ver a foto da cerveja Moretti, eu tb amei...e o passeio de gondola...vc é danado mesmo, eu consegui por 80 euros, depois de mto negociar...mas não pode deixar de fazer! Marcio, Veneza é linda, linda, linda.. Beijão, Vanessa Gorizia

zaglia disse...

Olá Márcio...Eu e minha esposa esperamos partir Julho de 2012 para Itália...parabéns pelo blog, o melhor que já li sobre viagem....Estou no começo do processo...economia e pesquisa....espero que tudo de certo...abs...

Anônimo disse...

miguinho deu saudades.....e vontade de estar nesta viagem.... parabens

Carlos disse...

Meu caro Márcio tenho sempre que repetir bravissimo para vc, seus relatos cada vez melhor.
sobre a atendente mal educada passei por isso tb e notei uma coisa, os funcionários de lojas supermecados na maioria das vezes são desse jeito,
vc ver a diferença do tratamento quando o dono lhe atende é totalmente diferente, alguns dizem que os italianos sao brutos ignorantes, talvez seja por isso.
um grande abraço, aguardamos mais...

Renata Boechat disse...

Márcio,

Procurando dicas sobre a Italia na net, acabei no seu blog, e quero deixar registrado a minha satisfação em encontrar um material tão bem escrito, tão simpático e esclarecedor como encontrei aqui!

Sua viagem foi nota 1000, desde a preparação você se esmerou, não seria de outra forma...ainda nao tive tempo de ler tudo, embora esteja aqui já há uma boa hora e meia, mas eu volto, preciso saber de tudo...rsss

Parabéns pelo blog, seu trabalho ficou sensacional!

Abraço,
Renata Boechat

Etevaldo disse...

Otimo o post de vcs to acompanhando tudinho...vou estar ai em dezembro 2 dias, tambem.

.:Existence Manquée:. disse...

Bacana, pretendo fazer o mesmo em Julho do ano que vem. 10 dias na Islandia e 15 dias na Italia. Gostei das dicas.

Anônimo disse...

Márcio, muitas pessoas me falaram do mal cheiro de Veneza... Mas, tal como você, fui no verão e não sentí odor algum, só o cheiro de maresia que você mencionou. E mesmo que fosse fedorenta, ainda assim, seria a cidade mais bela que eu já visitei. Eu sentí a mesma emoção que você filemente descreveu no primeiro post sobre Veneza. Amo Veneza e desejo revisitá-la muitas e muitas vezes. Bjs
Ellen Cristina Lira

Anônimo disse...

OI márcio!!!!

Eu estive na Itália em agosto e Veneza é sem dúvida uma cidade mágica, única, linda,linda,linda, linda....eu também fiquei parada uns 10 minutos ao sair da estação de trem..rsrsrsrs...de queixo caído de tão maravilhada. Não tem nada de fedida e suja...é única. Eu me apaixonei, não queria ir embora. Foi uma delícia andar a pé e ir descobrindo cada lugar e cada vista mais lindos do que o outro. Eu amei a Itália, não queria voltar...com certeza, um país para ser visitado mais de uma vez e com calma. Parabéns pelos relatos, seu blog é o máximo!
Abraços!

Anônimo disse...

Pergunta para os que já foram á Veneza: Eu estou indo em maio deste ano. Vou precisar levar malas grandes (de viajem, de rodinas) usando o vaporetto. Têm lugar para carregar malas assim neles??

Márcio Jardim disse...

Olá,
Há lugares sim... eu vi dezenas de pessoas levando malas grandes... o que pode acontecer é vc ter que esperar outro vaporetto e entrar primeiro devido ao espaço ok?
abs

Roberta disse...

Olá, vou a veneza agora em março e ainda não consegui decidir como cehgar ao centro. Vou chegar pelo aeroporto Marco Polo. Alguem pode me ajudar???

Zanini disse...

Olá Márcio!!!!
Pôxa! Parabéns pela destreza em narrar um acontecimento tão cheio de emoções!!!!!! Incrível!!!!
Márcio, você descascou uma abacaxi que eu já estava pesquisando há muito: onde ficar, sendo um bom local e por um preço aceitável! Foi ótimo, mas não dissestes (não vi) como fizestes a reserva. Antes de sair do Brasil?
Outra coisa Márcio: disseram-me pra não deixar dinheiro no hotel aí na europa, principalmente nas cidades grandes. A chance de ser roubado é muito grande. Pr'eu carregar comigo. É verdade?! Aqui no Brasil sempre deixei na mala, no quarto; e nunca fui roubado.
Abraços, Márcio!
Zanini

Márcio Jardim disse...

Roberta,
do próprio aeroporto há transporte rápido, nem se procupe ok? é só encontrar os guichês - bem visíveis - ou pedir informações.
bjs

Márcio Jardim disse...

Olá Zanini,
Obrigado pela mensagem...rs fiz todas as minhas reservas pelo www.booking.com.br... todos os hotéis. Agora, com o dinheiro... é bom tomar certos cuidados ok?
Não leve tudo com vc e se levar, coloque bem escondido, em bolsas como a money belt.
abs

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...