É sua primeira vez por aqui? Entenda o blog: No dia 13/08/2010 eu criei este blog apenas para programar a minha viagem para a Itália... Ele cresceu muito, fiz muitos amigos e virou uma fonte de informações para muitas pessoas. Para melhor compreensão, ele foi dividido em três partes: 1) as pesquisas sobre cada cidade, atrações turísticas, gastos,... e o marcador que eu adoro: Entrando no clima, onde experimentei receitas, filmes, livros,... 2) A montagem do meu roteiro passo a passo: todos os dias estão na guia ROTEIRO FINAL; 3) O relato completo da minha viagem - todos os dias - com informações, dicas, gastos totais... etc. Estão na guia MINHA VIAGEM. Entre... o blog é seu!!! Aqui você vai encontrar informações sobre as cidades que eu visitei: Milão, Lago di Como, Turim, Verona, Pádova, Vicenza, Veneza, Florença, Pisa, Lucca, San Gimignano, Siena, Arezzo, Cortona, Cinque Terre, Assis, Roma, Pompéia, Capri, Sorrento, Positano e Nápoles... Este projeto foi finalizado pois estou com outro agora: http://www.toindoparaafranca.blogspot.com/ - mas entrarei aqui uma vez por semana para responder comentários, perguntas, etc... BOA VIAGEM À ITÁLIA!!!

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Meu relato de viagem - dia 17 - Cinque Terre

Bom dia meus amigos...

Começo este post com uma grande notícia: o TÔ INDO PARA A ITÁLIA é um dos finalistas na categoria Viagem e Turismo do prêmio TOP BLOG 2011... Estou muito feliz, muito obrigado... Olha o selo de finalista aí do lado...rsrs

Agora, QUEM JÁ VOTOU, PODE VOTAR NOVAMENTE... Os votos da primeira fase foram ZERADOS. Se você gostou do blog, vota na gente...rs É só clicar no selo aí do lado ok? Muito obrigado!

Agora, vamos continuar com a programação normal, com um dos posts mais aguardados:

Marcelino, como está a Itália??? Magiorno - Dia 17 - Cinque Terre

Acordamos bem cedo e o café foi bem reforçado... Hoje seria um dos dias - em minha concepção - mais cansativos da viagem... Resolvi, depois de todas as minhas pesquisas, colocar um dia para Cinque Terre, as cinco vilas italianas na beira do mar (Monterosso, Vernazza, Corniglia, Manarola e Riomaggiore)... Pelas fotos, elas não poderiam faltar no meu roteiro... Como você viu aqui no blog:

Cinque Terre é o nome dado a um acidentado trecho de terra, na Itália, na costa da Riviera Ligure situado entre Punta Mesco próximo a Levanto e o Cabo de Montenero próximo a Portovenere e compreende as comunas de Monterosso, Vernazza, Riomaggiore com os distritos de Corniglia e Manarola. Constituem uma das principais atrações turísticas da Riviera Ligure.

Estas localidades, que junto com Porto Venere e as ilhas de Palmaria, ilha de Tino e Tinetto foram declaradas em 1997 Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, são caracterizadas pelo relevo montanhoso próximo ao mar. Típicos desta zona são os terraços devidos à particular técnica agrícola usada para usufruir tanto quanto possível os terrenos com grande inclinação. (Informações da nossa amiga Wiki)

Chegamos na estação e uma mudança no roteiro: Eu queria ir primeiro para Monterosso, pois o percurso é mais longe (de Monterosso a Vernazza é 3km - 2h), mas só tinha trem para Riomaggiore (a última do meu roteiro)... Sem problemas: fizemos o caminho inverso...

A duração da viagem foi longa (3h) e há trocas de trem...

O PULO DO (GATO) TURISTA: De Firenze, você deve pegar o trem para PISA CENTRALE. De lá, você deve ir para a estação SPEZIA e depois pegar o trem para RIOMAGGIORE ou MONTEROSSO.

Olha aí os três bilhetes. O valor da passagem está para dois. O valor para uma pessoa é:
- Firenze/Pisa: 5,90 euros
- Pisa/Spezia: 5,80 euros
- Spezia/Riomaggiore: 1,80
TOTAL - para cada um: 13,50 euros

Na estação de Riomaggiore, compramos o CINQUE TERRE CARD (Já falamos dele aqui: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/04/as-cinco-terras-cinque-terre-5t.html)...

O PULO DO (GATO) TURISTA: Na hora de comprar o cartão, eles perguntarão: para ir a pé entre as vilas (trilhas) ou de trem? Se você quiser ir a pé pelas trilhas, você deve comprar o CINQUE TERRE CARD e para ir de trem o CINQUE TERRE CARD TRENO, onde as passagens já estão inclusas...

O Card - valor para as trilhas: 5 euros

NÃO DEIXE DE PEGAR:

Um mapa das Cinque Terre...

E um horário dos trens de uma vila para outra...

Nós compramos o passe pra trilhas porque eu queria fazer a trilha da Via dell'Amore a pé... Até o inconveniente de trocar a cidade de chegada no roteiro foi útil, pois a Via dell'Amore é entre Riomaggiore a Manarola...

E chegamos nas Cinque Terre - Riomaggiore:














É um encanto... O cheiro do mar invade tudo! As casas, parecem estar uma sobreposta a outra... Entendo perfeitamente porque tantas pessoas se apaixonaram pelas vilas... Mas não vá pensando que irá encontrar casas luxuosas e muito bem conservadas... Impossível... Até porque a maresia corrói tudo ao seu redor... Mais uma vez abençoei minhas pesquisas por encontrar este lugar abençoado por Deus...
 
Mas aqui tive uma decepção: um grupo grande de brasileiros gritavam e reclamavam em alto e bom som sobre a grande quantidade de turistas, que nâo dava para andar direito, etc. A única coisa que faziam: reclamar, de uma forma grosseira e mal educada. É nessas horas que a gente sente vergonha pelo país de origem... Quase fiz uma sugestão: "Fale com o prefeito da cidade e reserve - evidentemente pagando, claro - a cidade só para vocês...". Desagradável...
 
Bem, após passar um tempo na cidade, decidimos iniciar nossa travessia para Manarola:
 
Para iniciar a trilha, você deve apresentar no quiosque da entrada o seu CARD.

Riomaggiore ficando para trás...



Há passagens feitas com pedras, inclusive uma lanchonete incrustada na montanha... Muito legal!

Aqui você começa a entender o motivo do nome - Via dell'Amore... Dezenas de objetos e declarações de amor fazem parte da trilha...

Os mais variados materiais são usados para deixar a marca dos casais apaixonadas... O mais utilizado é o cadeado...

Depois de uma caminhada muito leve e com uma vista fantástica (Riomaggiore a Manarola: 1km - 30m), chegamos em Manarola...

Achei o máximo esse "porta filho"... rsrs

Manarola...


Aqui existem bancos para você sentar e apreciar o mar...



Estava um sol muito forte... Eu não queira andar durante uma hora naquele calor para chegar na próxima vila... Até porque a primeira trilha que fizemos era praticamente na sombra... A segunda era debaixo do sol mesmo... Nem pensar! Pegamos um trem de Manarola a Corniglia - 1,20 euro e a viagem não dura 5 minutos...




Olha o que você tem que enfrentar quando chega na cidade... E vamos fazer exercício para perna...rsrs

A visão no topo da escada...

E, de repente, você encontra a PORTA DO PARAÍSO...

Nosso almoço em Corniglia... Nhoque com molho ao sugo, massa com frutos do mar e uma garrafa de água com gás... Total: 33,50 euros - 16,75, euros para cada um...

Após o merecido descanso depois do almoço, sentados vendo o mar (MARAVILHOSO), partimos de trem novamente - 1,20 euro - para Vernazza...







Aqui - para dar um descanso - o sol começou a se esconder... o que eu não achei ruim...rs! Nos dirigimos para a estação para a nossa última parada: Monterosso al Mare...


Olha a cor destas pedras... Lindas! Foi aqui que fizemos um lanche maravilhoso... - pedaços de pizza a 2 euros... eu comi 2..rs - Total: 4 euros

Resumo: Algumas perguntas que me fizeram sobre as 5 Terre:
- Dá para fazer em um dia? Sim, com certeza... com pique você faz tudo! Mas aconselho a fazer como nós, se o sol estiver castigando: no máximo uma trilha a pé e as outras de trem...
- Vale a pena colocar no roteiro? Claro que você não pode colocar... Você DEVE colocar... É uma visão única de vilas totalmente diferentes do que estamos acostumados a ver... lindas, lindas...
- Qual das 5 foi sua preferida? Eu gostei muito das quatro primeiras... A última - Monterosso - para mim já parecia uma cidade praiana, com dezenas de turistas, guarda-sol para todos os lados, etc. Mas, se vocês me "obrigarem" a escolher, eu fico com Riomaggiore...
- Os preços são altos? Não... foi a média italiana.
- Dá para entrar no mar? Claro...rsrs


Voltamos para Firenze e jantamos um Calzone... Nossa, foi o dia mais cansativo... Mas, fantástico!!!


GASTOS $$$ -
Gastos: Márcio (base apenas de um viajante para melhor compreensão)
Somente gastos com alimentação, hospedagem, bilhetes de entrada, transporte...

- Ticket - Firenze/Riomaggiore: 13,50 euros
- Ticket - Manarola/Corniglia: 1,20 euros
- Ticket - Corniglia/Vernazza: 1,20 euros
- Ticket - Vernazza/Monterosso: 1,20 euros
- Almoço: 16,75 euros;
- Lanche - tarde: 4 euros
- Ticket - Monterosso/Firenze: 10 euros
- Jantar: 7,75 euros
- Diária no Hotel Locanda di Firenze: 49 euros (24,50 para cada um) - http://www.locandadifirenze.com/  

TOTAL DO DIA: 80,10 euros

PREVISÃO DE GASTOS DO 17 DIA - ROTEIRO FINAL: 100 euros

SOBROU: 19,90 euros

20 comentários:

Anônimo disse...

oi marcio!!! passeio fantastico em ?!!! gostaria de saber se e possivel fazer esse passeio no inverno? sem a parte de entrar no mar claro... estou indo no inicio do proximo ano,e vendo seu relato fiquei com muita vontade de colocar esse passeio no meu roteiro. carla

Márcio Jardim disse...

Olá Carla,
Olha... sinceramente eu não sei... Mas vi fotos, durante a minha pesquisa, de turistas que visitavam as Cinque Terre com agasalhos e toucas... Creio que seja possível... Grande beijo!

Ana L. disse...

Nossa! Esse era um dos posts mais esperados para mim! Queria mesmo ter todas essas perguntas respondidas. Quero muito passar por Cinque Terre na minha próxima viagem, mas estava com dificuldades de definir tempo e de onde sair... As fotos estão fantásticas, assim como o relato! Parabéns, Márcio!

Fabricio Zerves disse...

Amigos, a trilha a pé é imperdível... fiz debaixo do sol forte mesmo...cheguei no hotel destruído de cansaço, mas valeu a pena! Recomendo.

Cintia MaSa disse...

Olá...

Marcio, agradeço a visitinha ao meu bloguito.
Aproveito para parabeniza-lo pelo blog, seus relatos estão a cada dia melhor e são super úteis.

Não tem como não ler e recomendar.

Parabéns e obrigado por fazer esse blog excelente, pois com blogueira sei o quando é trabalhoso.

Bjux!

Cintia Masa
http://felicidadecomsimplicidade.blogspot.com

Maria Inês disse...

Oi Márcio,

Acompanhei só o início dos teus relatos pois a minha viagem começou em 23 de setembro. Segue algumas informações fresquinhas para quem ainda não foi. Não consegui comprar online, nem lá, o Roma Pass; existe agora outro, mais abrangente com o Vaticano incluso, mais caro também; em todos os locais de venda que fui no primeiro dia tinham cartazes avisando que estavam esgotados. Visitei o Cenacolo Vinciano no unico dia que fiquei em Milão e a compra foi feita durante a viagem. Eles te dão 24 horas para efetuar o pagamento e utilizam um sistema diferente de validação do cartão de crédito, mas enviei um email pedindo ajuda para fazer o pagamento e eles modificaram para o sistema que utilizei em todos os ingressos na Itália. E descobri por que é tão dificil. Entram 25 pessoas por vez, na minha eram 2 ocidentais e 23 asiáticos. E nos horarios anterior e posterior a mesma proporção. Eles dominam o mercado, mas não se deve deixar de tentar, é maravilhoso!
Estou aguardando teu relato sobre a França, quem sabe eu volte lá no proximo ano.
Um abraço e obrigado pelas dicas.

Maria Inês
ps. já voltei e a roupa lavei no hotel mesmo, mas numa máquina disponibilizada para os hóspedes.

gee disse...

oi, marcio!
confesso q tinha um pé atras com as cinque terre. nunca tinha ido pesquisar, achava até q eram cidades mais de campo! =P e agora vendo essas vilinhas no mar ate me deu vontade! pena q nao posso mais estender os dias do meu roteiro.. =[
ah, pq vc nao optou por comprar o passe de trem (aquele pra varios dias) ao inves de ficar comprando as passagens internas avulsas?

bjusss!!

Raquel M.B.G. disse...

Oi Márcio. Lindíssimas imagens de Cinque Terre. Acho que TEREI que voltar à Itália! Nada mal, não? rsrsrs Abraços, Raquel
www.saladagrega.blogspot.com

Anônimo disse...

Fiz esse passeio no inverno passado, saindo de trem de San Remo, após o festival de musica é claro, me hospedei em Monterosso, numa locanda chamada Camara Monica, por coincidencia meu nome, e amei a CinqueTerre, maravilhosoooooo. Além disso, as pessoas são e foram extremamente amáveis, e a historia da viagem, e como chegamos então, muito engraçada. Rapazes, nesta sequencia de fotos faltou a escultura do gigante, Neptuno, que fica em Monterosso. Vcs estão de parabéns.

Anônimo disse...

Esqueci de dizer, que de Genova tb sai trem para a CinqueTerre, que além dessas 5 vilas que compõem o parque há outras.

Cris disse...

Carla,

Depois da enchente de ontem, eu retiraria 5 terre do itinerario. As cidades foram bastante afetadas, eu nao acredito que ate o inicio do inverno esteja tudo ok. De qualquer maneira, quando sua viagem estiver mais proxima, è bom verificar se esta tudo ok, principalmente com as trilhas. As fotos e videos que passaram no jornal hoje, sao assustadoras!

Um abraço e boa viagem

Daniela Lopes disse...

Oi Márcio! Nem preciso repetir que o relato está maravilhoso como sempre! Ainda quero fazer 5 terre, mas agora só ano que vem...no próximo verão! Bom acabei de votar novamente no blog e claro usei todos os meus endereços de email pra votar mais vezes! ahahaha Bjos e mais uma vez parabéns!

Anônimo disse...

Como esta Cinque Terre após as chuvas do ano 2011??? Sabe dizer??? Parabéns pelo blog!!abraços

Márcio Jardim disse...

Olá... Cinque Terre está ainda em um processo lento de retornar como era... As enchentes deixaram muitas marcas naquela paraíso aqui na Terra. Mas, tenho certeza que logo estará lindo como sempre foi...
Agradeço o elogio ao blog.
Abs

Anônimo disse...

Procurei esse restaurante com vista em Corniglia e não achei!
Acabei rangando em Manarola mesmo...

Márcio Jardim disse...

Olá,
Realmente os restaurantes nas vilas são difíceis de encontrar. Todos em pequenas ruas e escondidos.
Abs

Anônimo disse...

Olá,

Realmente vale a pena visitar cinque terre. Estive lá em outubro do ano passado, uma semana antes das chuvas que acabaram com as cidades. Minha irmã mora em Casarza Ligure, bem próximo a cinque terre e disse que as cidadezinhas já foram reconstruídas.
Abs

Márcio Jardim disse...

Olá
Ainda bem que reconstruíram não é? Seria uma pena ficar sem aquelas jóias.
Abs

dedesigner disse...

Oi Marcio, tudo bom?
Seu blog está me ajudando muito, estou indo para a Itália em outubro, para minha lua de mel.
Estamos alugando um carro pequeno por que queremos ficar rodando... Vc acha que vale a pena... Dá pra chegar em todos os lugares, e vamos achar estacionamento com facilidade?
Obrigada
Débora

Márcio Jardim disse...

OI Débora,
Dá sim... O problema são os estacionamentos, pois são poucos e muito caros ok?
abs

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...