É sua primeira vez por aqui? Entenda o blog: No dia 13/08/2010 eu criei este blog apenas para programar a minha viagem para a Itália... Ele cresceu muito, fiz muitos amigos e virou uma fonte de informações para muitas pessoas. Para melhor compreensão, ele foi dividido em três partes: 1) as pesquisas sobre cada cidade, atrações turísticas, gastos,... e o marcador que eu adoro: Entrando no clima, onde experimentei receitas, filmes, livros,... 2) A montagem do meu roteiro passo a passo: todos os dias estão na guia ROTEIRO FINAL; 3) O relato completo da minha viagem - todos os dias - com informações, dicas, gastos totais... etc. Estão na guia MINHA VIAGEM. Entre... o blog é seu!!! Aqui você vai encontrar informações sobre as cidades que eu visitei: Milão, Lago di Como, Turim, Verona, Pádova, Vicenza, Veneza, Florença, Pisa, Lucca, San Gimignano, Siena, Arezzo, Cortona, Cinque Terre, Assis, Roma, Pompéia, Capri, Sorrento, Positano e Nápoles... Este projeto foi finalizado pois estou com outro agora: http://www.toindoparaafranca.blogspot.com/ - mas entrarei aqui uma vez por semana para responder comentários, perguntas, etc... BOA VIAGEM À ITÁLIA!!!

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Dinheiro... Dúvidas???

Bom dia, minha gente...

Hoje, comentaremos uma grande dúvida dos viajantes: como levar dinheiro? Como já comentei aqui no blog, a moeda na Itália é o Euro... http://toindoparaaitalia.blogspot.com/search/label/Pre%C3%A7os%2FEuros

Mas, algumas dúvidas são freqüentes: "Quanto levar?", "Onde comprar?", "Como levar?"...

Neste post - http://toindoparaaitalia.blogspot.com/search/label/Pre%C3%A7os%2FEuros - eu respondo quanto é o mínimo de dinheiro que você precisa levar para não ter problemas para entrar no país.

Onde comprar?
- Casas de câmbio - você encontra em Shoppings Center ou Centros comerciais. Dica: Você vai precisar dos seus documentos para preencher um pequeno cadastro. Para quantias maiores que 1.000 euros, você precisa reservar (de acordo com as regras da Casa). Não esqueça de exigir o seu recibo de compra de Euros e guarde muito bem ele... Pessoas, após a compra, já jogam o recibo fora... E se alguém perguntar como você conseguiu aquela quantia de Euros???
- Bancos - De acordo com as regras de cada banco, você poderá comprar Euros. Mas, fique atento as taxas de compra! Já vi diferenças de arrepiar os cabelos de um banco para o outro.
- Cambistas - Bemmmm... aqui, você decide. Se optar por essa, lembre-se: não possui recibo válido e as chances de algumas notas falsas aparecerem é grande.

Lembre-se:
- Mesmo que você leve apenas cartão de crédito, é recomendável levar um pouco de euros em espécie para os primeiros gastos e evitar as altas taxas de câmbio nos aeroportos ou em casas especializadas no outro país.
- Falando em cartão, preste atenção nas taxas do seu banco para compras internacionais. Cartões de créditos são aceitos na grande maioria de estabelecimentos na Europa. Olha o IOF: 2,38%.
- Você pode sacar dinheiro nos diversos caixas eletrônicos diretamente da sua conta no Brasil. Mais uma vez: consulte as taxas do seu banco.

Como levar?
Várias pessoas ficam receosas em como levar o dinheiro. Algumas levam dentro de bolsas amarradas no peito (money belt), outras levam cartão com senha... e assim por diante. Mas, preciso contar uma dica boa...rs: Conversando com um amigo que estava indo para a Europa "mochilar", ele disse que não queria os meios freqüentes para levar o dinheiro. Em sua opinião, os ladrões já sabiam de todos eles... ok, eu concordo que é paranóia demais. Para encurtar a conversa, eu disse: "Faça como aqui no Brasil, leve na cueca...". Ele pensou e a conversa foi encerrada. Quando ele voltou, perguntei como ele levou o dinheiro: "Segui sua dica..."; "Que dica?", "Levei na cueca...", "Como assim?", "Mandei uma costureira fazer um bolso dentro de três cuecas... Levei uma carteira com um pouco de dinheiro... Se me assaltassem, o ladrão pegaria a carteira e não desconfiaria que eu estava escondendo alguma coisa... Ele poderia me deixar de cueca e eu ainda estaria com o dinheiro". Ok, então tá...

Mas, você não precisa fazer um bolso na sua cueca ou na sua calcinha... Veja outras opções:

- Traveller check - Cheque de viagem: é uma opção que está caindo em desuso pois são poucos lugares que aceitam. São parecidos com folhas de cheque, que você pode trocar pela moeda local ou utlizar em algum estabelecimento comercial. Não possuem validade, ou seja, se sobrar algum você poderá utilizar em uma próxima viagem. Ele possui dois campos de assinatura: a primeira é feita no ato da compra do talão e a segunda na hora da compra. CUIDADO para não assinar no segundo campo: é como se você andasse com um cheque em branco assinado. VERIFIQUE AS TAXAS: alguns estabelecimentos cobram comissão para troca de travellers. Se optar pelos Traveller, na hora da compra, consulte sobre o seguro contra roubo, perda ou furto e preste atenção nas regras a serem seguidas nestes casos. Dica: uma tática comum entre os ladrões é furtarem uma folha do meio do talão, para que a pessoa não perceba. Veja constantemente os números e séries dos cheques e faça um controle. Antes de comprar: mais uma vez, VERIFIQUE AS TAXAS e veja se é mais vantajoso.

- Visa Travel Money: Pelo que eu pesquisei, é a opção mais usada no momento. É um carão pré-pago protegido por senha, que pode ser utilizado em caixas eletrônicos, estabelecimentos comerciais, hotéis... E o melhor: pode ser recarregado, possui uma assistência 24h em português e com consulta de saldos online pela internet. Você pode ter mais do que um cartão, com senhas diferentes, da mesma quantia armazenada. Em caso de perda ou roubo, a Central do Visa providenciará a reposição. Se você não utilizar todo o dinheiro, poderá sacar - em reais - quando retornar ao Brasil. Again: VERIFIQUE AS TAXAS. Visa: http://visa.com.br/conteudo.asp?pg=1340. Mas, aviso: já li relatos de cartões que deram falhas ou travaram.

Creio que, a melhor opção mesmo é levar dinheiro vivo BEM GUARDADO...

Agora, você pode escolher: Money Belt, Traveller Check, Visa Travel Money ou... levar na roupa de baixo.


Money Belt da Centauro.

12 comentários:

Ana disse...

Márcio,

Estou impressionada com o seu nívedl de organização, se eu fosse viajar depois de você te pediria para me mandar essa pastinha!!! (rs)
Minha viagem está chegando, e na medida do possível vou aproveitar suas dicas e testá-las! Ao longo da viagem vou dizendo o que achei! Obrigada mais uma vez pela ajuda, você está me poupando bastante trabalho de pesquisa!

Brenda Tavares disse...

Márcio eu já vi algumas pessoas sendo bloqueada pela imigração por terem somente estes cartões de viajante, eles não são nominativos e os policiais alegam que ele pode não ser seu. Enfim...
Concordo contigo que o melhor mesmo é sempre ter uma bufunfa na mão para emergências ou eventuais imprevistos.
Abraço!!

ines bachiega disse...

Eu levei essa 'bolsinha' de cintura, mas não usei. Optei por levar uma bolsa com alça longa para atravessar no corpo e sempre a deixava na minha frente, nunca nas costas. Levava todo dinheiro comigo, separando o que eu ia gastar naquele dia para acesso mais fácil e o 'grosso' ficava protegido com os documentos dentro de envelope plástico resistente. Levava nessa bolsa também garrafinha de água e câmera. Ela era pequena, mas cabia td ...rs Não vi ninguém sendo assaltado, mas houve roubo em 3 quartos no Hotel Regente em Roma. Eles não se responsabilizaram.
abraço

Márcio Jardim disse...

Oi Ana,
será uma honra ter as dicas testadas...
Por favor, não esqueça de contar para a gente. A melhor de todas as dicas: relatos de experientes em viagens. Abração e apareça sempre!

Márcio Jardim disse...

Oi Brenda... Na Espanha, quando me perguntaram sobre dinheiro, mostrei meu cartão e... recebi a pergunta: "e dinheiro?". Por isso e outras comodidades - sem taxas - prefiro dinheiro...
abs

Márcio Jardim disse...

Ótima idéia Ines... na minha última viagem, não aguentava mais carregar mochila nas costas. De repente, achei uma bolsa dessas - pequena - que tinha espaço para guia, carteira, água... foi ótimo! Nunca mais nos separamos...rsrs
obrigado pela visita! Agora, essa história do hotel é perigo hein? É melhor dormir com o dinheiro no bolso...rs

Xuxu, Batatinha, Dê, Andressa disse...

Olá Márcio, gostaria de dizer que adorei o seu blog...Estou indo prá Itália com meu marido em setembro, com a idéia de morar, e compramos o money travel...pelo jeito é mesmo a maneira mais segura, principalmente porque você pode resgatar todo o valor que sobrar...Mas aconselho a compra quando o euro estiver baixo, porque a taxa deles é R# 0,01 acima do câmbio do dia...Então para uma compra de grandes valores, faz diferença.

Márcio Jardim disse...

Olá Xuxu, Batatinha, Dê e Andressa (nossa, quanta gente...rs)
obrigado e que bom que estou podendo ajudar.
Valeu pela dica!
Abs e BOA VIAGEM... não esquece de voltar e contar para a gente.

Michele disse...

ola marcio, queria uma ajuda, queria saber quanto devo levar por pessoa para ficar 13 dias na italia, sendo que já vou com hotel e aluguel de carro pago, o dinheiro será mesmo para comida, atrações, aluguel do gps, galosina e estacionamento, vc poderia me ajudar.
Obrigada Michele

Márcio Jardim disse...

Olá Michele, tudo bem?
Você já deu uma olhada na guia ROTEIRO FINAL do meu blog? Lá tem todos os gastos e estou construindo até fechar toda minha viagem... É só você descontar o que vou pagar por hotel ok?
Olha lá...
beijão

Anônimo disse...

Marcio quanto devo levar em especie para nao ter problema na entrada na Italia? Ficarei 16 dias. Abs

Márcio Jardim disse...

Olá...
Dê uma olhada nesse post:
http://www.turismoevariedades.com/2009/05/quanto-de-dinheiro-levar-em-viagem.html
Abs

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...