É sua primeira vez por aqui? Entenda o blog: No dia 13/08/2010 eu criei este blog apenas para programar a minha viagem para a Itália... Ele cresceu muito, fiz muitos amigos e virou uma fonte de informações para muitas pessoas. Para melhor compreensão, ele foi dividido em três partes: 1) as pesquisas sobre cada cidade, atrações turísticas, gastos,... e o marcador que eu adoro: Entrando no clima, onde experimentei receitas, filmes, livros,... 2) A montagem do meu roteiro passo a passo: todos os dias estão na guia ROTEIRO FINAL; 3) O relato completo da minha viagem - todos os dias - com informações, dicas, gastos totais... etc. Estão na guia MINHA VIAGEM. Entre... o blog é seu!!! Aqui você vai encontrar informações sobre as cidades que eu visitei: Milão, Lago di Como, Turim, Verona, Pádova, Vicenza, Veneza, Florença, Pisa, Lucca, San Gimignano, Siena, Arezzo, Cortona, Cinque Terre, Assis, Roma, Pompéia, Capri, Sorrento, Positano e Nápoles... Este projeto foi finalizado pois estou com outro agora: http://www.toindoparaafranca.blogspot.com/ - mas entrarei aqui uma vez por semana para responder comentários, perguntas, etc... BOA VIAGEM À ITÁLIA!!!

sexta-feira, 3 de junho de 2011

A famosa Gruta Azul

A Gruta Azul é conhecida em todo o mundo por seu tamanho, os tons de azul intenso no seu interior e as mágicas prateadas luz que emanam do objeto imerso em suas águas. Os visitantes do Grotta Azzurra podem chegar de autocarro ou de táxi a partir de Anacapri, ou por barco a partir de Marina Grande, em um dos barcos turísticos que param na entrada da caverna durante a viagem ao redor da ilha. A fim de chegar na Grotta Azzurra visitantes sobem a bordo de pequenas embarcações a remo, com capacidade para duas, no máximo, três passageiros e, deitados no fundo do barco, entra pela baixa e estreita boca da caverna.

A viagem para a gruta não é possível na presença de ventos. A entrada para a Grotta Azzurra é formado por uma pequena abertura natural na parede rochosa, cerca de 2 metros de largura e 2 metros de altura. O telhado da entrada situa-se cerca de 1 metro acima do nível do mar e, por essa razão, os passageiros são obrigados a deitar-se no barco, enquanto na passagem para a caverna.

O barqueiro estabelece suas linhas e manobras no interior do barco com a ajuda de uma cadeia anexa à abóbada da entrada. O interior é magnífico, com tons azuis. A abóbada, conhecido como o Duomo Azzurro, tem uma altura média de 7 metros de subida a 14 para as costas da caverna. A cavidade é de aproximadamente 60 metros de comprimento e até 25 metros de largura.

A caverna continua com a Galleria dei Pilastri, ligando três ramos que correm para a Sala dei Nomi,  nome da qual foi inspirado pelas inúmeras assinaturas deixadas pelos visitantes nas paredes da caverna. Depois, há o Passaggio della Corrosione, bem como a Sala della Corrosione, o ponto mais acessíveis.

A coloração azul da Grotta Azzurra é criado pela luz natural que entra através de uma abertura subaquático localizado imediatamente abaixo da entrada da caverna. A luz é filtrada pela água, que absorve os tons vermelhos, deixando apenas os azuis para passar para a gruta. Um segundo fenômeno cria a aparência dos objetos de prata imerso na água: uma vez que o índice de refração das bolhas de ar que aderem à superfície dos objetos é diferente da da água, a luz é permitida a saída.

Acredita-se que, na época romana, sob a regra de Tibério, o interior do Grotta Azzurra foi utilizado como um meio marinho nymphaeum. Houve aqueles que imaginaram a gruta como o habitat de Nereidi ou de Sirenes ou acreditavam ser o reino de demônios que enfeitiçadas todos os que se atreveu a entrar.

Fonte: http://www.capri.com/en/grotta-azzurra

Vídeo - Chegando na Gruta Azul: http://www.youtube.com/watch?v=JcJCh-8FDS4&feature=related


2 comentários:

Samanta disse...

Oi Márcio! A Grotta Azzurra é realmente lindíssima! Mas confesso que achei bem carinho a entrada, cobram 12,50 euros somente para entrar, e os condutores do barco ficam pedindo gorjeta ao final. Ah, ainda tem o barco para chegar até lá, no meu caso foi um barco que pagamos 15 euros para dar uma volta em toda ilha (esse valeu muitíssimo a pena). Capri é fascinante!

Márcio Jardim disse...

OI Samanta, somente para entrar??? Virgem Maria...rs Agora, este passeio em volta da Ilha eu quero fazer...
bjs

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...