É sua primeira vez por aqui? Entenda o blog: No dia 13/08/2010 eu criei este blog apenas para programar a minha viagem para a Itália... Ele cresceu muito, fiz muitos amigos e virou uma fonte de informações para muitas pessoas. Para melhor compreensão, ele foi dividido em três partes: 1) as pesquisas sobre cada cidade, atrações turísticas, gastos,... e o marcador que eu adoro: Entrando no clima, onde experimentei receitas, filmes, livros,... 2) A montagem do meu roteiro passo a passo: todos os dias estão na guia ROTEIRO FINAL; 3) O relato completo da minha viagem - todos os dias - com informações, dicas, gastos totais... etc. Estão na guia MINHA VIAGEM. Entre... o blog é seu!!! Aqui você vai encontrar informações sobre as cidades que eu visitei: Milão, Lago di Como, Turim, Verona, Pádova, Vicenza, Veneza, Florença, Pisa, Lucca, San Gimignano, Siena, Arezzo, Cortona, Cinque Terre, Assis, Roma, Pompéia, Capri, Sorrento, Positano e Nápoles... Este projeto foi finalizado pois estou com outro agora: http://www.toindoparaafranca.blogspot.com/ - mas entrarei aqui uma vez por semana para responder comentários, perguntas, etc... BOA VIAGEM À ITÁLIA!!!

domingo, 5 de junho de 2011

Relato de Viagem... Itália 2011!

Boa tarde, pessoal...

Aqui temos um relato da viagem da Regiane Cristina Carradas, que utilizou o blog para suas pesquisas... Regiane, ficou muito bom e agradeço imensamente!

Pessoal, aproveitem as dicas!

Itália 2011

Vamos falar um pouco sobre a minha viagem à Itália. Ela durou vinte e dois dias e fomos somente meu marido e eu. Bem, pra mim ela começou bem antes da data prevista para o embarque, pois eu inicio minhas viagens quando começo a planejá-las. Neste momento já começo a conhecer as cidades, seus pontos turísticos, suas particularidades e, algo às vezes estressante, mas que eu também adoro, começo a verificar os hotéis, as cotações dos preços, as localizações e as opiniões de quem já se hospedou em cada um. Eu procuro, primeiramente, verificar se para onde eu vou tem Íbis, pois ele geralmente tem um bom preço e dificilmente temos alguma surpresa (desagradável). Também faço minhas reservas pelo “booking.com”, verifico as opiniões dos hóspedes, mas não somente as que estão lá, busco também no “tripadivisor”.

O blog TÔ INDO PARA A ITÁLIA me ajudou muito, eu pegava todas as dicas e sugestões possíveis e, assim, ia juntando às minhas informações e planejei minha viagem. Eu adorei todas as dicas, desde as gastronômicas até as de hospedagem, ingressos e passeios...

Mas teve uma que foi a melhor, a dica sobre o Maison Vaticana. No início fiquei com receio, pois não encontrei nenhum comentário sobre ele, mas confiei no blog, enviei um e-mail para a Gisele e apostei! Que bom que fiz isso, este B&B foi, realmente, fantástico!! Ele fica muito bem localizado, é super limpo, confortável e a Gisele e o Antonio são pessoas maravilhosas, prestativas, muito simpáticos, parecia até que já nos conhecíamos. Tenho certeza que você vai adorá-los!! Agora, vamos à viagem...

Começamos a nossa maravilhosa viagem por Milão, cidade linda e onde estava um friozinho gostoso.... Lá ficamos no Íbis, muito bom e com ótima localização. Visitamos o Duomo, que é belíssimo e, por falar nisso, eu adoro igrejas, visito quantas eu puder e a maioria me surpreende! Infelizmente não dá para conhecer tudo o que colocamos em nosso roteiro, às vezes temos que deixar algo para depois mas, isso é válido também, principalmente para deixar um gostinho de quero mais e um até breve... Visitamos também o Castelo Sforzesco, a Galeria Vittorio Emanuele e o Quadrilátero, claro e, para agradar o marido, o que não pode faltar em nossas viagens, conhecemos o Estádio San Siro. Infelizmente não deu tempo para irmos à Pinacoteca di Brera nem à Santa Maria delle Grazie ( o que me deixou muito sentida...).

Saímos de Milão, fizemos nosso tour no San Siro e fomos para Pádua. No caminho passamos em Verona, onde passeamos pela cidade, conhecemos a casa de Julieta, a Arena, a Piazza dei Signori e a Piazza Erbi. Que cidade encantadora!! Com certeza também deixou um gostinho de quero mais....
Seguimos então para Pádua (ou Padova, já nem sei mais... rsrs). Ficamos no hotel M14, também muito bem localizado. Lá passeamos pela belíssima Piazza Pratto della Valle, visitamos a Basílica de Santa Giustina, a Basílica de Santo Antonio, a igreja dos Erimitani, o museu cívico e a Capela degli Scrovegni (nome que eu não consigo pronunciar até hoje!), com seus lindíssimos afrescos de Giotto, fiquei encantada!

Depois de Pádua fomos para Veneza, mas o que dizer!?!? Não há palavras que descrevam esta cidade! Ela é tudo o que dizem e muito mais... Ficamos três dias hospedados em Mestre, pois alugamos caro, então esta foi a melhor opção. Ficamos no hotel Guidi, cuja proprietária é uma brasileira chamada Flávia, muito simpática e prestativa. O hotel tem uma excelente localização e o café da manhã é muito bom! Em Veneza conhecemos o Palazzo Ducale – fabuloso, a Piazza e a Basílica de San Marcos, tomamos o famoso Bellini no Harry’s Bar, nos perdemos pelas ruas de Veneza e foi incrível. Passamos pela Ponte Rialto, visitamos lojas, compramos máscaras – que são lindíssimas -, entramos em várias igrejas e conhecemos também a belíssima e tranqüila Murano. São muitas as atrações, então é impossível conhecer todas, pois eu gosto de curtir cada lugar, conhecê-lo realmente, com calma. Assim, com certeza, precisarei voltar um dia.... rsrs

Vamos em frente!?!? Fomos para Bologna, mas ficamos só uma tarde por lá. Passeamos pela cidade, conhecemos as Igrejas de San Petrônio, a Abbadia de santo Stefano e a Igreja de San Domenico. O caminho de Veneza até Bologna é lindo, passamos por lugares incríveis, por paisagens indescritíveis, por vilas e cidadezinhas que parecem de filmes.

A cidade seguinte foi Lucca, ficamos oito dias por lá e nos hospedamos no hotel Napoleon, excelente custo benefício, pois fomos muito bem tratados e o hotel fica bem próximo da entrada para a parte amuralhada da cidade, além de contar com bons restaurantes por perto. Conhecemos Lucca, suas atrações como a Igreja de San Martino e a de San Michele in foro, passeamos pelas muralhas e chegamos até a tomar uma bela de uma chuva com direto a granizo! Em Lucca conhecemos um restaurante chamado “Al Vialle”, que fica bem próximo ao hotel e que serve uma comida fantástica e com preço melhor ainda... acho que foi por causa dele que voltei com uns quilinhos a mais...

Durante nossa estada em Lucca conhecemos Pisa que é linda (apesar de só ter visitado o Campo dei Miracoli). A torre é belíssima, o Duomo e o Batistério também, eles possuem uma harmonia difícil de se encontrar. Ah, claro que tirei a foto segurando a torre, senão o passeio não teria graça! Seguindo viagem, no mesmo dia fomos para San Gimignano e, novamente passamos por paisagens indescritíveis, não há palavras que expressem tamanha beleza, nem mesmo as fotos conseguem capturá-las. Lá conhecemos a Collegiata, a Igreja de San’Agostino, o museu cívico e o Palazzo Vechio. Mas o melhor é andar por suas ruas, olhar suas torres, as construções em tijolinhos e pedras, as paisagens, um lugar onde o tempo parece que parou... Seguimos então para Volterra onde passamos rapidamente pela cidade e onde tomamos um dos melhores gelatos da Itália, os sabores eram Nocciola (que eu adorooooo) e chocolate (claro!) um verdadeiro ferrero rocher, ou ainda, um verdadeiro bacio!!

Chegou a vez de Florença, apesar de querer mais, fomos somente dois dias para lá. Conhecemos a Igreja de San Lorenzo, a Santa Croce, o lindíssimo Duomo de Santa Maria Del Fiori (onde quase morri ao subir os 463 degraus da cúpula), passamos pela Ponte Vecchio, pela Piazza della Signoria – a Fontana di Nettuno é linda – e finalmente a Uffizi, que possui obras maravilhosas (particularmente, adorei a Primavera, de Botticelli). Também queria mais, ou melhor, precisava de mais, muito mais tempo para conhecer todas as riquezas de Florença, mas fica para a próxima.

Passamos um dia também em Viareggio, fomos conhecer o litoral italiano. Muito bonito, mas muito estranho também, pois eles praticamente “fecham’ a praia com estabelecimentos como restaurantes e pousadas e perde-se aquela visão bonita que se tem da praia.

No dia seguinte fomos visitar Siena, outra cidade belíssima (acho que eu disse isso de todas, mas tudo bem, é verdade mesmo!!). O Duomo é incrível, por dentro é bem diferente, é todo “listrado”. Visitamos também o Museu Dell’Opera Del Duomo, o Santuário de Santa Catarina e o Palazzo Público além, é claro, da Piazza Del Campo (em forma de leque) e dos passeios pela cidade.
Fomos então para Perugia, onde nos hospedamos no Castelo di Monterone, um lugar belíssimo, com uma vista incrível. Pertinho dali fomos visitar Assis, esta pequena cidade que me encantou. Muito preservada que da estrada dava para se ver, parecendo um belo cartão postal. Conhecemos a Basílica de São Francisco que, ao por do sol parecia outra paisagem pintada num belo quadro. Visitamos também a Basílica de Santa Chiarae o Duomo. Passamos um dia inteiro percorrendo suas ruazinhas e apreciando as paisagens desta cidade medieval.

Estava chegando ao fim e, apesar da saudade da família e dos meus filhos (dogs), ia dando um aperto no coração....

A última cidade dessa nossa jornada foi Roma, com seus monumentos grandiosos. Ficamos hospedados no Maison Vaticana, da querida Gisele, uma pessoa fantástica, que nos deu várias dicas e nos ajudou muito. Agora vamos aos passeios... Visitamos no primeiro dia a Piazza di Spagna, a Fontana de Trevi – que é linda e eu deixei minha moedinha lá para poder voltar –, o Pantheon – que é sensacional, parece que voltamos no tempo -, a Piazza Navona, e a Igreja de Santa Maria in Trastevere. Foi um dia cheio e muito cansativo, mas valeu a pena e, voltando para o B&B, como era caminho, demos uma esticadinha no Vaticano. Entrar na Basílica de São Pedro à tarde é muito mais tranqüilo e a fila é bem menor, além disso, os raios de sol a deixam ainda mais bonita.

O segundo dia foi dedicado inteiramente ao Vaticano, fomos ao museu e ficamos praticamente o dia todo lá, admirando tudo tranquilamente e não tem como ser diferente, pois ele é muito grande e para não perder nenhum detalhe, devemos ir com calma. Fiquei encantada com os “Ovos de Páscoa” do museu, são lindos, além da Capela Sistina, é claro! Depois do museu voltamos à basílica. Subimos à cúpula (de elevador, caso contrário, dessa vez eu morreria!), visitamos as grutas onde diversos papas estão enterrados e ficamos algum tempo admirando a grandiosidade da basílica, todos os seus detalhes, entre eles, a fabulosa Pietá.

No terceiro dia fomos à parte mais antiga, fomos ao Coliseu e ao Palatino, onde também ficamos o dia inteiro e eu ainda queria mais. São tantas ruinas, tantos lugares e detalhes que não dá vontade de ir embora... Como o Coliseu é grandioso e como suas ruínas despertam tanta curiosidade, dá vontade de explorar cada pedacinho, ou melhor, dá vontade de voltar no tempo e viver tudo aquilo.
Já no quarto dia (estava acabando!!) fomos até a Basílica de San Paolo, onde encontra-se o túmulo do Apóstolo Paulo. É um igreja muito linda, com um claustro belíssimo.

No quinto e último dia resolvemos ficar por perto do B&B, fomos ao Castelo de Sant’Angelo, passeamos pelo Trastevere, voltamos – novamente – à Basílica para uma última visita e, para fechar com chave de ouro, tomamos um hiper-super-big-mega gelato!!!!

Um comentário:

Anônimo disse...

regianne,
sou jussara - vou viajar pra italia e tentar fazer mais ou menos um pedaço do roteiro q vc fez - vc pode me dar as dicas do hotel q ficou em florença? obrigada, jussaraleite@yahoo.com.br

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...