É sua primeira vez por aqui? Entenda o blog: No dia 13/08/2010 eu criei este blog apenas para programar a minha viagem para a Itália... Ele cresceu muito, fiz muitos amigos e virou uma fonte de informações para muitas pessoas. Para melhor compreensão, ele foi dividido em três partes: 1) as pesquisas sobre cada cidade, atrações turísticas, gastos,... e o marcador que eu adoro: Entrando no clima, onde experimentei receitas, filmes, livros,... 2) A montagem do meu roteiro passo a passo: todos os dias estão na guia ROTEIRO FINAL; 3) O relato completo da minha viagem - todos os dias - com informações, dicas, gastos totais... etc. Estão na guia MINHA VIAGEM. Entre... o blog é seu!!! Aqui você vai encontrar informações sobre as cidades que eu visitei: Milão, Lago di Como, Turim, Verona, Pádova, Vicenza, Veneza, Florença, Pisa, Lucca, San Gimignano, Siena, Arezzo, Cortona, Cinque Terre, Assis, Roma, Pompéia, Capri, Sorrento, Positano e Nápoles... Este projeto foi finalizado pois estou com outro agora: http://www.toindoparaafranca.blogspot.com/ - mas entrarei aqui uma vez por semana para responder comentários, perguntas, etc... BOA VIAGEM À ITÁLIA!!!

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Comuna Italiana - O que é?

Uma questão interessante: conversando com uma amiga sobre a Itália, ela me perguntou o que eram as Comunas Italianas... Uma boa dúvida, mas antes, vamos fazer uma pequena introdução ao assunto, comentando sobre as regiões da Itália:

A Itália é dividida em regiões, que são a primeira subdivisão do país, tendo sido instituídas com a constituição de 1948 com o objetivo de reconhecer, proteger e promover a autonomia local. São vinte ao todo e cada uma possui seu próprio estatuto, ou seja, a sua própria constituição. Segundo o tipo de estatuto, podemos distinguir entre duas categorias de regiões:

Regiões autónomas com estatuto especial
Cinco das vinte regiões possuem um estatuto especial, uma lei de tipo constitucional do estado central, que garante uma ampla autonomia legislativa e financeira. Entre 60 e 100 por cento de todos os impostos permanece no território destas regiões. Estas cinco regiões são autônomas por fatores culturais, lingüísticos e geográficos. Trata-se das duas ilhas Sardenha e Sicília, do Trentino-Alto Ádige, com uma forte minoria de língua alemã e da Vale de Aosta, onde se fala, além do italiano, um dialecto francês: todas estas regiões foram criadas em 1948. O Friul-Veneza Júlia foi instituído em 1963 para a protecção da minoria eslovena, bem como pelo fato de estar esta região no limite com a cortina de ferro.

Regiões com estatuto ordinário
As quinze regiões de estatuto ordinário foram estabelecidas nos anos 70 e elas serviam prioritariamente para descentralizar a máquina de governo do Estado.

As Regiões da Itália são:

Itália Setentrional:
- Vale da Aosta;
- Piemonte;
- Ligúria;
- Lombardia;

Itália Nordeste:
- Trentino-Alto Ágide;
- Friul-Veneza Júlia;
- Vêneto;
- Emília-Romanha;

Itália Central:
- Toscana;
- Marcas;
- Úmbria;
- Lácio;

Itália Meridional:
- Abruzzo;
- Campânia;
- Molise;
- Apúlia;
- Basicalata;
- Calábria;

Itália Insular:
- Sicília;
- Sardenha;

Cada região se divide em províncias, com a única exceção de Vale de Aosta, onde a mesma região exerce as funções provinciais. No total existem 109 províncias (110 considerando também a Vale de Aosta como província). A subdivisão seguinte é constituída pelas comunas. Em toda a Itália há 8101 comunas.

Agora, a resposta para a dúvida: A Comuna Italiana - em italiano: comune; em plural: comuni - é a unidade básica de organização territorial da Itália, equivalente ao município no Brasil. Sua estrutura é constituída pelo Sindaco, equivalente ao prefeito no Brasil, pelo Conselho Comunal (composto pelo sindaco e por um número variável de conselheiros eleitos) e pela Junta Comunal (um grupo de assessores escolhidos pelo Sindaco).

As regiões da Itália... Fontes de dados: Wikipédia e diversos sites na Internet.

6 comentários:

Juliana disse...

Muito legal seu texto, bem explicativo.
So fui entender melhor sobre comuni, frazioni e outras coisas depois de comecei a escrever o blog (graças às pesquisas!).
Ultimamente, ha uma grande polemica sobre a forma de governo da Italia. Um partido politico (Lega Nord - Liga do Norte), esta cada vez mais pressionando para o federalismo, pois alegam que as regioes do norte, que produzem mais, acabam arcando com os gastos das do sul.
Bjs

Márcio Jardim disse...

Oi Juliana,
Que bom que você voltou!!! Rsrs
Agradeço a sua informação.
Bjs

Anônimo disse...

Continuo meio confuso: para nós brasileiros Florença é uma cidade, no entanto ela é uma província. Mas província tem o valor político de um estado no Brasil. Vixi, e pra complicar uma comuna tem valor político de município. Acho que tem político demais na Itália...

Márcio Jardim disse...

Hahaha... É meio confuso mesmo... rs
Abs

Lúcia Nagy Casarim disse...

Gostei de ler seu texto, estou estudando o q posso p viagem....... num curto o guia achar q somos ignorantes ou emergentes querendo conhecer a Europa kkkkkkkkkkkk bjossss

Márcio Jardim disse...

Lúcia, sou da mesma opinião...rsrs
bjs

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...