É sua primeira vez por aqui? Entenda o blog: No dia 13/08/2010 eu criei este blog apenas para programar a minha viagem para a Itália... Ele cresceu muito, fiz muitos amigos e virou uma fonte de informações para muitas pessoas. Para melhor compreensão, ele foi dividido em três partes: 1) as pesquisas sobre cada cidade, atrações turísticas, gastos,... e o marcador que eu adoro: Entrando no clima, onde experimentei receitas, filmes, livros,... 2) A montagem do meu roteiro passo a passo: todos os dias estão na guia ROTEIRO FINAL; 3) O relato completo da minha viagem - todos os dias - com informações, dicas, gastos totais... etc. Estão na guia MINHA VIAGEM. Entre... o blog é seu!!! Aqui você vai encontrar informações sobre as cidades que eu visitei: Milão, Lago di Como, Turim, Verona, Pádova, Vicenza, Veneza, Florença, Pisa, Lucca, San Gimignano, Siena, Arezzo, Cortona, Cinque Terre, Assis, Roma, Pompéia, Capri, Sorrento, Positano e Nápoles... Este projeto foi finalizado pois estou com outro agora: http://www.toindoparaafranca.blogspot.com/ - mas entrarei aqui uma vez por semana para responder comentários, perguntas, etc... BOA VIAGEM À ITÁLIA!!!

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Entrevista - Cris - Direto de Florença!!! Parte 04

06 - Como é a gastronomia em Florença? Quais são as melhores dicas gastronômicas?

O interessante que muita gente não sabe é como é servida a refeição na Itália. A refeição è divida em algumas fases: o antipasto, o primo piatto, o secondo piatto com o contorno,dessert, café e água.

O antipasto, equivale ao nosso prato de entrada. Geralmente se come frios, pãozinhos com diversos tipos de patês (que eles chamam de Crostini) e diversos outros pratos.

O primo piatto, geralmente è um prato de massa, risotos ou sopas. O secondo piatto è um prato de carne, peixe ou ave acompanhados do contorno que è um prato de verdura ou de legumes.

O dessert è a sobremesa que geralmente è saboreada com um vinho doce ou um licor.

Um bom italiano faz as refeições religosamente nessa ordem. Em alguns restaurantes, durante o dia, eles servem o menu fixo, com primo, secondo e contorno a bom preço, geralmente 12 euros. Esse tipo de promoção è bom aproveitar, porque a noite não se encontra.

O carro chefe da cozinha fiorentina è a bisteca alla fiorentina, que è um prato feito com carne de boi da raça chianina que corresponde a parte que vai das costas até onde inicia o rabo do boi. A carne è cozida geralmente na brasa ou então feito na grelha e è servida sangrando. No meio da carne encontramos um osso em forma de "T" e è por isso que os inglesses chamam a bisteca fiorentina de T-bone steak que divide o filé e o contra-filé. O único problema desse prato, è que geralmente eles servem 01kg, e para uma pessoa só è muita coisa, além do preço ser salgado. No restaurante mais barato, você consegue encontrar 100 gramas a 4 euros, o que equivale a 40 euros num prato só. Se for para duas pessoas, vale muito a pena. Para acompanhar a bistecca, nada melhor que o vinho rosso, Chianti, Brunello ou Montepulciano.

A cozinha toscana não è feita somente da bistecca. A maior parte dos pratos são feitos com ingredientes simples que nasceram da fantasia da gente comum, que transformavam ingredientes pobres, como pão, azeite, verduras em verdadeiras obras de artes. Em Firenze, a pappa di pomodoro (è uma sopa de pão e tomates) ou a ribollita que também è uma sopa de pão, mas com algumas verduras e legumes, além do feijão branco são imperdiveis. Esse è um prato invernal, talvez para você que vem em julho não seja um prato muito indicado.

A onde comer em Firenze? Eu aconselho a correr dos restaurantes do centro histórico que são turisticos. É só você se afastar um pouco do centro, que você vai encontrar diversas trattorias, osterias com comidas tipicas toscanas. O restaurante que aconselho no centro è a Osteria dei Pazzi, fica na Via dei Lavatoi, 1, próximo a Piazza Santa Croce.

Fora do Centro de Firenze, eu aconselho a Osteria Il Nacchero, que fica na Piazza Gavinana, você pode pegar o onibus 31 ou 32 na Piazza San Marco ou o 23 na Estação Santa Maria Novella em direção a Firenze Sud (Sorgane ou Nave a Rovezzano). O site da Osteria è o seguinte: http://www.osteriadalnacchero.it/

Enfim, pra comer, eu aconselho sempre a procurar um restaurante fora do centro, que não seja turistico, pois você vai comer melhor e mais barato.

Uma outra coisa imperdivel, è o sorvete italiano. Não deixe de provar, experimente os sabores de frutas, o chocolate e o pistache.

Cuidado! Você vai voltar mais gordo pra casa!

4 comentários:

Elvira disse...

Quando eu vou à Itália eu sempre volto gorda para casa.
Droga, eu não consigo resistir...

Bjs.
Elvira

Márcio Jardim disse...

Hahaha. Acho que ninguém resiste, Elvira.
Eu já sei que vou voltar uma bola.
bjs

Luciana disse...

Bom, quem sou eu para dar pitaco neste post maravilhoso da Cris... Mas eu preciso confessar que voltei 4 KG mais gorda da Itália (uns 2 KG devem ter sido só na Toscana, com certeza), rs!
Deixo minha contribuição por aqui:
Para comer uma belíssima e saborosíssima Bisteca Florentina : La Grotta Guelfa (www.accademiadelgusto.it), uma comidinha típica toscana com cara de feita em casa, Tavernetta Della Signoria (via dei Neri, 57/r), um lanche ou um almoço bem gostosinho e rápido, o Oliandolo (Via Ricasoli - rua da Galleria Accademia), tudo gostoso e barato.

Márcio Jardim disse...

Olá Luciana,
Obrigadíssimo pela dica!
Ir a Toscana e não comer uma bisteca florentina deve ser um pecado...rsrs

beijão!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...