É sua primeira vez por aqui? Entenda o blog: No dia 13/08/2010 eu criei este blog apenas para programar a minha viagem para a Itália... Ele cresceu muito, fiz muitos amigos e virou uma fonte de informações para muitas pessoas. Para melhor compreensão, ele foi dividido em três partes: 1) as pesquisas sobre cada cidade, atrações turísticas, gastos,... e o marcador que eu adoro: Entrando no clima, onde experimentei receitas, filmes, livros,... 2) A montagem do meu roteiro passo a passo: todos os dias estão na guia ROTEIRO FINAL; 3) O relato completo da minha viagem - todos os dias - com informações, dicas, gastos totais... etc. Estão na guia MINHA VIAGEM. Entre... o blog é seu!!! Aqui você vai encontrar informações sobre as cidades que eu visitei: Milão, Lago di Como, Turim, Verona, Pádova, Vicenza, Veneza, Florença, Pisa, Lucca, San Gimignano, Siena, Arezzo, Cortona, Cinque Terre, Assis, Roma, Pompéia, Capri, Sorrento, Positano e Nápoles... Este projeto foi finalizado pois estou com outro agora: http://www.toindoparaafranca.blogspot.com/ - mas entrarei aqui uma vez por semana para responder comentários, perguntas, etc... BOA VIAGEM À ITÁLIA!!!

domingo, 22 de maio de 2011

Museus do Vaticano

Bom dia, meus amigos...

E hoje é domingo... dia de missa... Missa lembra padres... padres lembram o Papa... o Papa lembra o Vaticano... e Vaticano lembra: a história da humanidade em artes... Hoje, vamos explorar um dos maiores complexos de arte do mundo...

Amiga Wiki? Larga a preguiça do domingo e venha nos apresentar os Museus do Vaticano:

Os Museus Vaticanos constituem um conglomerado de renomadas instituições culturais da Santa Sé, que abrigam extensas e valiosas coleções de arte e antigüidades colecionadas ao longo dos séculos pelos diversos pontífices romanos. Além destas instituições relativamente independentes entre si, das quais algumas possuem também sub-seções mais ou menos autônomas, os Museus Vaticanos supervisionam uma série de outros espaços dentro dos palácios da cidade do Vaticano, como galerias e capelas, que por si mesmos guardam alto interesse arquitetônico, histórico e artístico.

- Para ler toda a história, sobre os Museus e as salas, clique aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/Museus_Vaticanos

- Ótimo resumo do site http://historia.abril.com.br/religiao/museus-vaticano-arte-sagrada-433391.shtml

A expansão da Igreja Católica ao longo dos séculos, conquistando territórios, patrimônios, bens materiais e culturais, formou uma espetacular coleção de obras de arte que são verdadeiros documentos sobre a história da humanidade. O conjunto de museus do Vaticano têm origem com Clemente XIV (1769-1774) e Pio VI (1775-1799) e por isso inicialmente tinham o nome de Museu Pio-Clementino. Só com a fundação do Estado do Vaticano, em 1929, todas as coleções espalhadas pela Europa foram reunidas e colocadas à disposição do público. Entre os tesouros guardados pela Santa Sé, estão as Stanze (salas) de Rafael, pintadas entre 1508 e 1511 e que formam, hoje, uma das mais belas e maiores coleções de obras do artista, um dos grandes da renascença.

O Renascimento é o forte da Pinacoteca do Vaticano, cujo acervo tem uma história muito particular. Em 1815, quando as nações aliadas derrotaram Napoleão, assinaram o Tratado de Viena, pelo qual as obras de arte tomadas pelo ditador francês deveriam ser devolvidas aos seus países de origem e não aos seus proprietários. Os Estados Papais estavam entre os mais prejudicados e trataram de negociar a devolução das obras. Apoiada pela Inglaterra, Áustria e Prússia, a iniciativa tinha a oposição dos franceses. Foi preciso que a Guarda Austríaca acompanhasse o representante da Igreja para retirar as obras do Louvre, em Paris. Em 1973, o papa Paulo VI, inaugurou o Museu de Arte Moderna Religiosa, que reúne mestres como Rodin, Chagall, Gauguin, Bacon, Picasso, De Chirico e Matisse.

Sem dúvida, o lugar mais conhecido do conjunto é a Capela Sistina, construída entre 1475 e 1483. Dos pavimentos em mosaico romano e dos afrescos nas paredes principais destaca-se a pintura de Michelângelo: a representação bíblica da história da humanidade no teto da Capela (1508-1512) e o Juízo Final na parede do altar (1535-1541).

Há ainda peças arqueológicas, arte egípcia, estátuas e baixo-relevo romanos, inscrições de antigos cemitérios judaicos, tapeçarias e mapas. Com um patrimônio histórico, artístico, arqueológico e arquitetônico de valor incalculável, os Museus do Vaticano apresentam o testemunho da Igreja sobre a história do homem e de seu pensamento.

- Site oficial dos Museus do Vaticano: http://www.museivaticani.va/

- Horários, preços e compras de bilhetes online: http://mv.vatican.va/3_EN/pages/z-Info/MV_Info_Orari.html

- Lembre-se: Juntamente com os Museus, está a Capela Sistina, que já falei aqui: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/05/7-imprescindiveis-de-roma-03-capela.html O bilhete dá direito aos dois.

Entrada dos Museus do Vaticano...
Foto da nossa Visitante de Honra Lilian Carvalho

Entrada - Wikipédia

Vista dos Museus do Vaticano da Basílica de São Pedro - Wikipédia

Mapa dos Museus - Wikipédia

- Vídeo de um turista da entrada e dos Museus:



- DICA: A Capela Sistina é o final do complexo do Museu... Alguns turistas "correm" para ver a Capela, deixando de ver dezenas de obras e detalhes pelo caminho... Vá com calma e paciência... reserve, no mínimo, uma tarde para ver tudo!

10 comentários:

Anônimo disse...

Olá Marcio!boa tarde , tudo bem?

Após fazer o pagamento e reserva no site do Vaticano da visita aos museus e capela sistina, eles enviam um voucher via e-mail? Caso sim, apresenta o voucher na entrada do museu, ou precisa trocar o voucher por um bilhete?

Obrigado.

Abs,

Felipe

Márcio Jardim disse...

Olá Felipe,
sim eles enviam um voucher no email cadastrado. Você deve imprimir e levá-lo. Apresente na bilheteria que eles trocam pelo ticket ok? Lembre-se que a fila é diferente para quem comprou pela net.
Abs

Carolina Sofia disse...

a basilica de sao pedro eh paga? tem q comprar tb?

Márcio Jardim disse...

Oi Carolina,
Não... Na Basílica não se paga para entrar. Somente se você quiser ir na cúpula.
Abs

Tia Tete disse...

Marcio, eu fiz a compra, emiti o voucher mas não fiz nenhum pagamento. É isso mesmo só pago lá?
Não ficou claro para mim se no seu livro tem indicação de restaurantes. Voce pode me esclarecer?

obrigado,

tete luz

Márcio Jardim disse...

Olá Tia Tete,
Eles mudaram o sistema. Você deve apresentar o voucher e fazer o pagamento na bilheteria do Museu. Quanto a indicação de restaurantes, eu indiquei alguns no livro que eu fui. Mas aviso: são centenas de restaurantes e não vale a pena ficar procurando endereços de alguns... É um mais legal que o outro! Abs

Tia Tete disse...

Voce acha que agora tendo que pagar lá vou enfrentar a fila?

obrigado

tete luz

Márcio Jardim disse...

Oi Tete
Acredito que não... Eles mudaram o sistema, mas também a forma de atuar...
Abs

Anônimo disse...

Olá Marcio, acabei de ler que mudaram o sistema de pagamentos, não entendi, acabei de comprar o voucher e paguei com o cartão de crédito. Comprei diretamente do link que vc postou...comprei certo ou mudaram...comprei pela Biglettrias Musei..
Abraços Mateus

Márcio Jardim disse...

Olá Mateus,
não se preocupe,
se não deu nenhuma msg de erro está tudo certo.
Abs

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...